Dimas Roque: Encontramos a mulher mais “velha” do Brasil, baiana comemora 113 anos

16.7.19

Encontramos a mulher mais “velha” do Brasil, baiana comemora 113 anos



Não é de hoje que a longevidade é um assunto que encanta as pessoas. Até mesmo na Bíblia Sagrada nós temos referência sobre a pessoa mais velha que já existiu na face da terra. Matusalém, personagem do Antigo Testamento, conhecido por ser o que mais viveu, pois teria falecido aos 969 anos. Filho de Enoque, pai de Lameque, avô de Noé é conhecido até os dias atuais.


Pois não é que o Radialista e Diretor da Rádio Angiquinho Giuliano Ribeiro e o cinegrafista DJ D`juby descobriram nesta segunda-feira, 15, a mulher mais antiga do Brasil e uma das mais antigas do mundo segundo comparativo do site Wikipédia. Vamos agora fazer o processo para colocá-la no Livro dos Recordes (Guinness Book), disse Giuliano. Dona Inocência Vieira de Jesus é moradora da cidade de Paulo Afonso na Bahia. Baiana, negra, agricultora aposentada do Sertão do Nordeste. Sua festa de aniversário foi muito bonita, e ela completou exatamente 113 anos de vida.

Nascida no dia 15 de julho 1906, no Sítio Barra na também baiana cidade de Glória (antigamente Paulo Afonso, Forquilha, pertencia a esta cidade). Filha de Cícero e Joana Leite da Conceição (falecidos). Casou com Antônio Teotônio (esposo já falecido) e tiveram oito filhos sendo uma adotiva, apenas quatro filhas estão vivas, duas em São Paulo, uma no Rio de Janeiro e uma em Paulo Afonso. A mulher mais “velha” do Brasil tem dezesseis netos, trinta e quatro bisnetos, quinze tataranetos e um tetraneto.

Dona Inocência de Jesus (até no nome é abençoada), chegou aos sete anos na antiga Barroca, vinda de Glória, e depois foi para atual casa onde mora há 106 anos na localidade, conhecida como Pedra Comprida no Bairro Oliveira Brito em Paulo Afonso.

Alegre, lúcida, ela ainda tem disponibilidade para caminhar, não é portadora de nenhuma doença e tem uma memória invejável. Dona Inocência ainda lembra do seu tempo de infância e conta histórias de Lampião, Maria Bonita (sua conterrânea) e dos cangaceiros que viveram nesta região do Nordeste.

A mulher com mais idade no Brasil disse que o segredo para viver muito é comer alimentos naturais e sem veneno (agrotóxicos).

Durante a festa organizada por seus familiares, Dona Inocência de Jesus teve direito a um bolo com vela indicando sua idade de 113 anos. A supercentenária festou agradecendo a Deus por tudo o que já viveu. E quem pensa que ela está satisfeita, se engana. Ela quer viver muitos anos ainda pela frente.


Créditos das fotos: Giuliano Ribeiro e DJ D’juby.



   

  



Nenhum comentário: