Dimas Roque: Em Tucano, cadeia do mel é fortalecida pelo apoio do Governo do Estado

26.4.19

Em Tucano, cadeia do mel é fortalecida pelo apoio do Governo do Estado


Responsável pela maior parte da produção de mel do Território do Sisal, a Cooperativa de Apicultores de Tucano (Cooapit) tem gradativamente aumentado a produção, com o apoio do Governo do Estado, dado por intermédio da Secretaria de Desenvolvimento Rural do Estado (SDR). A ampliação do Entreposto de Beneficiamento e Extração do Mel, maquinário, consultorias e cursos por meio do Bahia Produtiva garantiram uma média de produção de 15 toneladas por mês.

O mel produzido pela Coopit, que atualmente conta com 103 cooperados, é comercializado, através de exportadoras, para países como Estados Unidos e Alemanha. A coordenadora de Apicultura e Meliponicultura da Superintendência da Agricultura Familiar (Suaf) da SDR, Marivanda Elói, lembra que "a Bahia ocupa a primeira colocação na produção de mel, no Nordeste, e isso se deve ao grande apoio que o governo estadual tem dado, nos últimos anos, à apicultura, uma das sete cadeias prioritárias. O trabalho feito no Sisal também é realizado com associações e cooperativas de todos os territórios do estado".

Entreposto

Inaugurada em  2015 pelo governador Rui Costa, a ampliação do entreposto, com investimento de R$ 418 mil, garantiu estrutura adequada para extração e beneficiamento do mel pela Cooperativa, inclusive com o novo maquinário, que envolve centrífuga, mesa desoperculadora, homogeneizador, nove decantadores, além de um caminhão para transporte de mel e colmeias.

De acordo com o diretor de vendas da Cooapit, José Adalto Cruz, "graças ao suporte do Estado, foi possível aumentar a produção de nove para 15 toneladas por mês. Esse salto garantiu aos cooperados renda superior a R$ 1 mil mensais".

Prestadora de serviços no Entreposto, Amanda Aquino é cooperada há quatro anos. "Assim que me cooperei, surgiu essa vaga aqui e eu comecei a trabalhar. Todo o meu sustento eu tiro dessa Cooperativa, que é, hoje, tudo para mim", garante. 

Bahia Produtiva

Em Tucano, a Cooperativa dos Apicultores recebe consultorias de Agentes Comunitários de Apicultura (ACA) e Meliponicultura e sedia e participa de um curso que forma tecnólogos na área, em parceria com a Universidade de Taubaté, com encontros presenciais de três em três meses no auditório do próprio Entreposto.

A SDR também fez a entrega de cinco motocicletas, no valor total de R$ 45 mil para que os ACAs prestem os serviços aos cooperados da instituição. Conforme o presidente da Cooapit, Franciélio Macedo, "o apoio do Estado foi e é de extrema importância para a cooperativa e gerou muitos frutos, até esse curso superior em apicultura, único existente no estado".

A Cooapit é uma das 55 entidades que integram a Cadeia da Apicultura e Meliponicultura beneficiadas pelo Bahia Produtiva, programa executado  pela SDR. Os cooperados ainda têm acesso a crédito, implantação de agroindústrias e distribuição de kits apícolas e meliponícolas. O suporte se estende às políticas de comercialização e à utilização de conhecimentos e tecnologias adaptadas para a atividade.

Nenhum comentário: