16.11.17

A MACONHA TAVA VENCIDA, TIO. (Por Aristeu Pancada)

É o seguinte, tio, descolei uma na boca, disseram que da boa, daquela que bate e toca zen, deixa pianinho, pianinho, enrolei, dei uns tapas bem dados e fui pra net, facebook, aquela parada dos malucos que ficam na siririca de teclado, se tocou, tio?

Foi nessa que descobri que o bode veio antes do barato, aloprei, acho que deixaram cair crack na porra da maconha, tio, a desgraça pirou toda, eu vi um monte de malucos gritando que a Globo é comunista, carai, e eu é que sou o doidão, mas também... A Globo analisou uma porrada de documentos que estão nos States, comparou a porra toda, fez... Cumé que diz mesmo? Isso, o cotejamento, ouviu a direção da emissora, os diretores de jornalismo, de esportes, fez acareações... Em cinco horas, tio, caralho, nem o The Flash, e concluíram, nós é inocente, não paguemo propina, num gostemo disso, foi o Bonner que falou, aquele que perdeu pro paraibinha, tendeu?


Aí, num credito, prenderam os deputados todos, a quadrilha do Cabral tá indo de ralo, tio, milícia tá sem chefe, tudo na gaiola, e nóis é que é bandido, se toca, tio? Tá foda de moer, lá no pantanal também passaram o rodo, uma penca de deputados do partido do Cabral, do Temer, Cunha... Também, aí tio, nem tem que investigar, é só perguntar: tu é de que partido? Falou PMDB e... Teje preso! Algema e leva, tio, é tudo gato na nossa sardinha, tio.


Falar em sardinha, a situação tá tão foda que uma baleia podre, com a cara do Gedel, fedorenta pra caralho, virou atração em Ipanema, carioca tá tão na merda que tá indo ver baleia podre na areia, turismo de duros, o garotinho apontando pra baleia e gritando: mamãe, mamãe, alá o tio Rodrigo Maia, essa maconha tá tão malhada que eu pensei ter ouvido o Levy Fidelix, aquele pastor careca, do PRTB, prometer que vai tirar todo mundo do SPC-Serasa, se for eleito, vai limpar o nome de todo mundo, genial, não é que ninguém tinha tido essa idéia? O Temer falou que os poderes são independentes, é bom avisar, eu pensei que o Gilmar Mendes fosse deputado e o Aécio, Ministro do Supremo, e o Moro, caladinho, caladinho, também... Como é que se chama aquele espanhol, Tacla, né? Taclou no rabo dele, tá difícil tio, aí tô saindo, vou conversar com uns malucos bolsonaristas, são maneiros, não precisam nem fumar maconha pra aloprar, já nasceram pirocas.


Falar em piroca, tio, e o Frota, hei? Por isso é qui falei pra minha preta: é melhó um pintinho operante qui um jebão de lado, com a cabecinha no lençol, com toda aquela arrogância, né? Alguma coisa nele tinha que ser humilde, andar de cabeça baixa, né mesmo, tio? E o Temer em Itu? Lá tudo é grande e quando viram o capeta do Jaburu na frente dos tucanos pensaram que estava chegando circo na cidade, o anão na frente, tá foda, tio, tô saindo, agora é mesmo, vou queimar outro pra rir mais.

Por Aristeu Pancada.

Nenhum comentário: