Dimas Roque: ONDA AZUL NA CARONA DE PROJETOS DEIXADOS POR RAIMUNDO CAIRES.

14.7.09

ONDA AZUL NA CARONA DE PROJETOS DEIXADOS POR RAIMUNDO CAIRES.

O Projeto cozinha industrial, idealizado na gestão anterior e não executado por causa de impedimentos na lei eleitoral, O Projeto para construção de 120 cisternas na área rural recurso deixado pelo governo anterior em caixa. Vale lembra que as cisternas que já foram construídas a grande maioria apresentam vazamentos e tudo indica que deva-se ao descumprimento do padrão utilizado por entidades da sociedade civil, segundo relatos o padrão e de 18 sacos de cimento para a construção de uma cisterna com capacidade para armazenar 16 mil litros de água. Ao visitar algumas comunidades conseguiu-se contar 16 sacos vazios de cimento número confirmado por moradores. De forma extra oficial uma pessoa ainda não identificada afirma que a economia de 02 sacos em relação ao padrão do programa deve-se ao interrese de construir um número maior de cisternas. Houveram ainda relatos de que alguns moradores tiveram que compra com seus próprios recursos encanação... Vale lembra que o recurso já prevê despesas de construção e instalação. Iremos encaminhar ao sindicato dos trabalhadores rurais para que possa haver um levantamento criterioso e técnico se constatando encaminhar ao ministério público e demais órgãos.
Do Blog do Rogerio Stanzel.

3 comentários:

Anônimo disse...

eles teem que pegar carona mermo! Nunca tiveram ideia pra nada! Aproveita Anilton!

Anônimo disse...

Eita Raimundo, os omi tão é pegando carona nos projetos que tu deixou. E é porque Raimundo não fez nada, hein. Pois é, fez e ia fazer muito mais, esse slogam, que foi da campanha dos DEMO se aplica verdadeiramente a Raimundo Caires, esse sim. Chupa essa manga, kkkkkk!

Anônimo disse...

Quando o gordo diz que "...O projeto para a construção de 120 cisternas na área rural, recurso deixado pelo governo anterior em caixa", a afirmação tem um fundo de verdade sim: ele só se esqueceu de dizer que esse recurso já estava em caixa por 2 anos e que o prazo para devolução aos cofres da união terminava em 31 de maio de 2009. Não se sabe o porquê do antigo gestor não ter realizado a obra, sabe-se apenas que o atual prefeito, preocupado com a situação gerada pela irresponsabilidade do antigo gestor, tratou de realizar a obra em tempo recorde e entregou às comunidades as cisternas prontas. E nós, moradores do Sítio do Tará, agradecemos ao Prefeito Anilton Bastos!