Dimas Roque: 150 mil assinam petições por renúncia de Moro e em defesa de Glenn

26.6.19

150 mil assinam petições por renúncia de Moro e em defesa de Glenn



Diálogos revelados pelo Intercept sobre a Lava Jato reúnem milhares de assinaturas contra ex-juiz e a favor de jornalista.

A série de conversas atribuídas ao ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, e ao procurador da República Deltan Dallagnol, tem causado ainda mais euforia no já conturbado cenário político e jurídico brasileiro, colocando novamente em embate ideológico defensores e acusadores da operação Lava Jato. O sentimento de indignação contra a chamada “justiça seletiva” motivou a criação de um abaixo-assinado que pede a renúncia de Moro ao cargo de ministro. Aberta na Change.org, a petição atingiu em uma semana mais de 53 mil assinaturas.



A troca de mensagens entre o então juiz e o chefe da força-tarefa das investigações da Lava Jato teria acontecido por meio do aplicativo Telegram, entre outubro de 2015 e setembro de 2017. Por revelarem possível atuação ilegal de Moro, que como juiz não poderia aconselhar ou direcionar o trabalho dos procuradores do Ministério Público (MP), as divulgações levantaram questionamentos quanto à credibilidade da operação que levou o ex-presidente Lula à prisão.

Notícia completa no Sita da Revista Carta Capital.

Nenhum comentário: