Dimas Roque: Polícia Civil realiza prisões e apreensões durante o período junino

22.6.19

Polícia Civil realiza prisões e apreensões durante o período junino


 

As ações seguem até o final das festas em diversas cidades da Bahia

Com o foco no trabalho preventivo nos dias que antecedem as comemorações juninas, no interior da Bahia, a Polícia Civil, através do Departamento de Polícia do Interior (Depin), realiza diversas operações para cumprimento de mandados de prisão e apreensão de materiais ilícitos em diversos pontos do estado. Durante as festas são empregados 986 servidores entre delegados, escrivães, investigadores e administrativos em 213 municípios.



Equipes da Coordenação da Coordenação de Apoio Técnico à Investigação (Cati) do Depin e policiais da 21ª Coordenadoria de Regional de Polícia do Interior (21ª Coorpin / Itapetinga) deflagraram a operação “São João Seguro” nas cidades de Ibicuí e Iguaí, onde foram cumpridos mandados de prisão e de busca e apreensão, na manhã de sexta-feira (21).

Durante as ações da 21ª Coorpin, foram presos Flávio Rocha de Oliveira, 40 anos, em Ibicuí, e Luciano Gonçalves Sampaio, 29, em Iguaí, ambos por crime de estupro. As prisões tiveram o apoio de policiais da Companhia Independente de Policiamento Especializado - Litoral Norte (CIPE/Litoral Norte) da Polícia Militar.

Também na cidade de Ibicuí foram cumpridos mandados de busca e apreensão em quatro imóveis, onde foram apreendidos quatro aparelhos celulares e uma porção de cocaína. 

Em Riachão do Jacuípe, policiais da 15ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (15ª Coorpin / Serrinha) com as Delegacias Territoriais de Valente, Santa Luz, Retirolândia, Serrinha e Riachão, deflagraram a operação “São João de Paz” e cumpriram nove mandados de busca e apreensão, na quinta-feira (20).

Durante as ações para prender suspeitos de envolvimento com tráfico de drogas, roubo, receptação e posse ilegal de arma de fogo foram apreendidas uma espingarda calibre 28, uma motocicleta com restrição de roubo, uma porção de cocaína e aparelhos celulares. Dois suspeitos foram conduzidos e liberados após pagamento de fiança.

Outras prisões também aconteceram nos municípios de Senhor do Bonfim, Juazeiro e Amargosa. Uma fábrica clandestina de espadas foi localizada e mais de 200 artefatos foram apreendidos em Cruz das Almas. As operações seguem até o final das festas juninas em diversas cidades do interior da Bahia.

Por Tony Silva.

Nenhum comentário: