Dimas Roque: 06/01/2019 - 07/01/2019

25.6.19

Caetité é a quarta parada da Rota da Independência


Projeto revive a história visitando as cidades de São Francisco do Conde, Santo Amaro, Cachoeira, Caetité, Salvador, Itaparica, Maragojipe e Caiuru

A cidade de Caetité teve uma importância significativa para a Independência da Bahia. Além de ter sido um local estratégico no interior do Estado na luta contra os portugueses, a cidade marcou a história como um fornecedor de munições, homens e alimentos como, por exemplo, carne seca, para os participantes das lutas em outras cidades.

Larissa Carvalho, moradora de Paulo Afonso, assina com o Flamengo do Rio



Larissa Carvalho de Souza,16 anos, saiu de Paulo Afonso com destino ao Rio de Janeiro com o sonho de ser jogadora de futebol profissional. Ela participou de uma peneira no Clube de Regatas Flamengo e foi aprovada.

Forró e sofrência deram o ritmo ao São João de Serrinha


 Foto: Secom Serrinha

As noites das festividades de São João no município de Serrinha, na região Nordeste do estado, foram marcadas por muito forró e muita sofrência.

A festa aconteceu no Estádio Mariano Santana e recebeu grande público de toda a região que que puderam dançar e se embalar por esses dois ritmos que contagiam a todos. Não é de hoje que os festejos juninos foram invadidos pela sofrência. Os primeiros a conseguirem este feito foram os artistas baianos, Pablo e Silvano Sales.

Não são 30 moedas para a compra de deputados, são R$ 40 milhões para cada um


 

Nestes tempos onde política e religião estão sendo misturadas no mesmo liquidificador das redes sociais, me chama a atenção a denúncia de que cada um dos deputados federais que votar favoravelmente a proposta do governo de reforma da previdência terá R$ 40 milhões em emendas a serem usadas em seus respectivos redutos eleitorais.

Defesa de Lula fala sobre a votação do Habeas Corpus


Está na pauta do Supremo Tribunal Federal (STF), nesta terça-feira (25), o habeas corpus que impetramos em favor do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) em 5 de novembro de 2018. Se o Estado de Direito prevalecer, Lula deverá ter sua liberdade plena restabelecida nessa data e os processos devem voltar ao início, presididos por juiz natural, independente e imparcial, o que nunca foi o caso do atual ministro da Justiça, Sergio Moro, em relação ao ex-presidente.

A Constituição Federal e a legislação não permitem a condução do processo e sua conclusão por juiz que tenha —ou aparente ter— interesse no seu desfecho.

A mera dúvida sobre a isenção do magistrado é suficiente para que seja reconhecida sua suspeição. O que se busca proteger, além do direito fundamental do cidadão, é a imagem e a confiança na própria Justiça, essencial à democracia. 

Lula concede entrevista na prisão.
    
Não há qualquer controvérsia quanto ao fato de que, em 2016, Moro autorizou ilegalmente, por 23 dias, a interceptação do principal ramal do nosso escritório e monitorou, com procuradores e policiais, as conversas que mantínhamos sobre a estratégia jurídica de defesa do ex-presidente Lula. Naquele momento, discutíamos no Supremo (Ação Civil Originária 2.833) que o Ministério Público Federal do Paraná não tinha atribuição legal para qualquer iniciativa no chamado “caso do tríplex”. Vale dizer: nosso trabalho foi escandalosamente monitorado quando Moro e os procuradores disputavam o caso Lula com outras jurisdições.

O decano do Supremo, ministro Celso de Mello, reconheceu suspeição de Moro, em 2013, ao julgar recurso que envolvia o monitoramento de outros advogados autorizado pelo ex-juiz, anotando, à época em voto vencido, que esse vício deve ser reconhecido “em situações anômalas em que o magistrado surge travestido de verdadeiro investigador” (habeas corpus 95.518). 

É exatamente isso o que se verifica no processo que resultou na condenação do ex-presidente, pois, além do monitoramento da defesa, ocorreram inúmeros outros atos, igualmente incontroversos, que afastam Moro da condição de juiz imparcial. 


É possível citar: (a) as decisões proferidas antes mesmo da instauração da ação penal (como a condução coercitiva sem base legal), que já deixavam clara a predisposição do atual ministro de condenar Lula; (b) a força-tarefa liderada por Moro para impedir o cumprimento da ordem de soltura emitida por desembargador federal do TRF-4 (Tribunal Regional Federal da 4ª Região), em julho de 2018; (c) o levantamento, de ofício, do sigilo de material às vésperas das últimas eleições presidenciais e, ainda, (d) a guinada de Moro para o cargo de ministro de Estado em um governo para cuja eleição foi decisivo o impedimento de Lula, com base na condenação imposta pelo ex-juiz —contrariando até mesmo decisões da ONU.

Moro argumenta à exaustão que sua sentença foi revisada por outros juízes. Mas além do vício da parcialidade contaminar o processo —independentemente da comprovação do prejuízo—, diante da sua gravidade no caso concreto, os danos saltam aos olhos. Na cruzada contra Lula, sua defesa foi tratada como mera formalidade; provas relevantes foram indeferidas e criou-se na opinião pública, por ações do próprio juiz do caso, uma expectativa de condenação difícil de ser superada mesmo com as provas de inocência que apresentamos.

As recentes reportagens do site “The Intercept” trazem à tona novos e chocantes elementos para comprovar a verdade histórica sobre a perseguição judicial a Lula (“lawfare”) e terão muita importância para a análise futura do processo de erosão da democracia no país. 

Independentemente desse episódio, os fatos que embasaram o habeas corpus são mais do que suficientes para determinar a nulidade dos processos contra Lula e a imediata libertação do ex-presidente.

Cristiano Zanin Martins e Valeska Teixeira Zanin Martins

Advogados do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (2003-2010)

24.6.19

A nova era é nossa, não do Bolsonaro




"Nossas leitoras não querem saber disso." Essa foi a mensagem que, em 2015, uma ex-repórter de revistas femininas contou receber de seus editores sempre que sugeria uma pauta sobre assédio, violência doméstica ou qualquer coisa que fugisse de dicas de sexo, moda ou beleza. A mensagem é direta: os problemas das mulheres não interessam a ninguém – nem mesmo às próprias mulheres.


Seu país voltou! (Por Fernando Horta)


"Em junho de 2001, o Jornal Nacional veiculava uma série de reportagens que viria a ser premiada. Marcelo Canellas e Lucio Alves apresentavam a “Fome no Brasil”. O dado revelado era que uma criança morria de fome no Brasil a cada cinco minutos. Em pleno “milagre neoliberal”, como gostam de citar alguns intelectuais e políticos de direita no Brasil, uma criança morria a cada cinco minutos no Brasil. Vou repetir, porque penso que o número deveria ser usado em qualquer discussão sobre política e economia de agora em diante. Ao começar a ouvir qualquer argumento dos defensores desta hipocrisia de direita, pare e escreva “em 2001, aos sete anos do governo FHC, uma criança morria de fome a cada cinco minutos no Brasil”. Repita ou escreva, não importa, mas sempre comece por esta informação. Em seguida, olhe a ginástica retórica que o interlocutor fará e avalie se ela se encontra no campo da ignorância ou da mácula moral insanável. Qualquer das duas opções, é uma conversa que não vale à pena.

22.6.19

Polícia Civil realiza prisões e apreensões durante o período junino


 

As ações seguem até o final das festas em diversas cidades da Bahia

Com o foco no trabalho preventivo nos dias que antecedem as comemorações juninas, no interior da Bahia, a Polícia Civil, através do Departamento de Polícia do Interior (Depin), realiza diversas operações para cumprimento de mandados de prisão e apreensão de materiais ilícitos em diversos pontos do estado. Durante as festas são empregados 986 servidores entre delegados, escrivães, investigadores e administrativos em 213 municípios.

21.6.19

Bahia e Portugal assinam acordo para recuperar patrimônio arquitetônico e fortalecer turismo


A recuperação de imóveis de valor arquitetônico, histórico e cultural da Bahia, a fim de torná-los equipamentos com finalidade turística, é o objetivo do protocolo de entendimento assinado, nesta sexta-feira (21), em Lisboa, pelo secretário estadual do Turismo, Fausto Franco, e a secretária do Turismo de Portugal, Ana Mendes Godinho. O plano está baseado no bem sucedido programa Revive, em execução naquele país.

Mônica Iozzi e Caetano choram após ver documentário



A comediante e atriz Mônina Iose e o cantor e compositor Caetano veloso apareceram esta madrugada, 21, nas redes sociais em um vídeo falando da emoção que sentiram ao assistirem juntos o documentário da Petra Costa, Democracia em Vertigem.

20.6.19

Que jesus é este de alguns evangélicos?



De tudo que já se leu sobre a vida do Filho de Deus, Jesus Cristo, de tudo que já foi pesquisa, inclusive por ateus, em nenhum momento de sua existência na terra ele teve um único ato de intolerância, nem mesmo com os sacerdotes que planejaram a sua entrega para a morte.

Democracia em Vertigem de Petra Costa



Democracia em vertigem com direção de Petra Costa, musicado por Lucas Santtana, roteirizado por Petra Costa, Moara Passoni, Carol Pires e David Barker e com produção de Joanna Natasegara, Shane Boris e Tiago Pavan é um documentário envolvente. Diferente de outros que narram a mesma época da história do Brasil, ele mostra a história de uma mulher que viveu os momentos da catarse nacional e que levou boa parte da população às ruas de São Paulo contra o aumento de R$ 0,20 nas passagens de ônibus urbanos contagiando o país. Este filme denuncia durante as duas horas e um minuto de narrativa, que aquilo só foi possível com o apoio incondicional da grande mídia.

Festa juninas movimentam a economia no Sertão



Como disse Luiz Gonzaga, “a fogueira tá subindo, em homenagem a São João. O forró já começou, vamos gente, rapa-pé nesse salão”. E é neste clima de festas juninas que o Sertão da Bahia está vivendo desde o início do mês de junho.

Rastreamento do Câncer de Mama chega a Muritiba


 

Começa na próxima terça-feira, 25 de junho, e prossegue até o dia 10 de julho, a Estratégia Saúde sem Fronteiras Rastreamento do Câncer de Mama no município de Muritiba, região de Cruz das Almas. Serão atendidas as mulheres entre 50 a 69 anos, para a realização de exames de mamografia. O atendimento acontece na Praça São José do Itaporã, centro da cidade, a partir de 7 horas.


Empresa de telecomunicações investe R$ 50 milhões na expansão de fibra óptica na Bahia



Protocolo de intenções assinado com SDE prevê 400 postos de trabalho.

A empresa baiana ITS Telecomunicações vai investir R$ 50 milhões na expansão da rede de fibra óptica para o interior da Bahia, com objetivo de atingir até 1 terabyte e promover a geração de aproximadamente 400 empregos, entre diretos e indiretos. O anúncio foi feito durante assinatura de protocolo de intenções na Secretaria de Desenvolvimento Econômico (SDE), na terça-feira (18).

19.6.19

Fanfarras escolares participam em Cachoeira das comemorações pela Independência na próxima terça-feira (25)



Cerca de 400 estudantes, que integram cinco fanfarras de Colégios Estaduais da região do Recôncavo da Bahia, participarão do Desfile Cívico, na próxima terça-feira (25), na cidade de Cachoeira (a 120 km de Salvador). Neste dia, acontecerá a transferência da sede do Governo do Estado da Bahia para o município e uma programação especial com atos culturais e religiosos será desenvolvida.


Lei de Diretrizes Orçamentárias para 2020 é aprovada na Assembleia Legislativa



A Assembleia Legislativa da Bahia (Alba) aprovou, nesta terça-feira (18),  o Projeto de Lei de Diretrizes Orçamentárias (PLDO) para 2020. O texto apresenta uma previsão de receitas de R$ 48,9 bilhões, o que representa um crescimento superior a 5,1%, quando comparado a 2019. A estimativa é de que o Produto Interno Bruto (PIB) baiano alcance taxa de crescimento de 2,5%. A aprovação foi realizada durante votação em dois turnos.


Ibametro reprova 10% dos produtos juninos fiscalizados na operação Festa Junina



O Instituto Baiano de Metrologia e Qualidade (Ibametro), órgão delegado do Inmetro na Bahia e autarquia da Secretaria de Desenvolvimento Econômico (SDE) divulga o resultado da Operação Festa Junina, realizada de 06 a 13 de junho. Um total de 10% dos 125 produtos juninos fiscalizados na operação foi reprovado. O objetivo da operação foi intensificar a fiscalização de itens largamente consumidos para os festejos de São João. Os fiscais percorreram supermercados, mercados de bairro, mercearias e padarias.


18.6.19

Produção de licores gera aumento de renda para agricultores familiares baianos no período junino


A diversidade de sabores dos licores da agricultura familiar, produzidos na cidade de Cachoeira, no Recôncavo Baiano, contribui para que o município seja destaque na produção de licor, a bebida mais tradicional dos festejos juninos no estado da Bahia. Aipim, capim santo, limão rosa, jaca, castanha de caju e carambola, estão entre os sabores exóticos produzidos pela Associação de Mulheres do Quilombo Tabuleiro da Vitória, que fazem sucesso nas mesas de dezenas de consumidores da Bahia. 


Copa 2 de julho terá participação de 40 times e mais de 90 jogos em 2019


Durante um café da manhã para a imprensa esportiva e dirigentes de clubes de futebol foi lançada, na manhã desta terça-feira (18), a 11ª edição da Copa 2 de julho. O campeonato é organizado pela Superintendência dos Desportos do Estado da Bahia (Sudesb) e acontece entre os dias 29 de junho e 10 de julho.


Líder do PT diz que está comprovado caixa 2 na campanha de Bolsonaro




O Deputado Federal pelo Partido dos Trabalhadores Paulo Pimenta usou a sua conta no Twitter esta tarde para reafirmar a denúncia de que a campanha à presidência de Jair Bolsonaro se utilizou de caixa 2 para fazer uso de envio em massa no aplicativo Wahtsaap.
Na manhã de hoje, 18, o jornal Folha de São Paulo trouxe uma matéria com a informação do espanhol e proprietário da Enviawhatsaap, Luiz Novoa, que teria acontecido através de empresas que contrataram os seus serviços.


Sobre vazamentos e outras coisas mais



Durante cinco anos a operação Lava Jato foi acusada de passar informações a imprensa brasileira. Durante este tempo nenhum dos órgãos que recebia ou que replicava fez qualquer questionamento sobre possível crime que estava sendo cometido contra os acusados. Se vazou de tudo. De áudio de ligação de presidenta em exercício a dados falsos de e-mail. E todos achavam isto normal.

Olavo de Carvalho acusa Mourão de querer dar golpe em Bolsonaro



Em sua conta no Twitter, o homem que se auto define como filósofo e é seguindo por pessoas que o veneram, disse textualmente que há um complô envolvendo o vice-presidente da república, o general Mourão, e que em “breve pode acontecer um golpe de Estado”.

RUSSO DE ARAQUE (Por Leandro Fortes


"Combinar com os russos" é uma deliciosa lenda atribuída a Garrincha, na Copa de 1958.
Depois de ouvir a explanação do técnico Feola de como a seleção brasileira deveria atuar para derrotar a antiga União Soviética, Garrincha teria perguntado: "mas combinaram com os russos?".


Operação em Chamas apreende 15 mil fogos em situação irregular



Unidades da Polícia Civil, Procon e Codecon integram a operação realizada    na Bahia

Pontos de vendas de fogos de artifício foram inspecionados e notificados, além de 15 mil produtos apreendidos durante a 6ª etapa da “Operação em Chamas”, realizada em Salvador, Região Metropolitana e diversos municípios do interior da Bahia. Os resultados são de ações realizadas até a última sexta-feira (14).

17.6.19

Mudas de palma garantem segurança alimentar do rebanho no semiárido baiano



O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR), está garantindo a segurança alimentar do rebanho de 21.684 agricultores e agricultoras familiares do semiárido baiano. Já foram entregues, desde 2015, 21.684.700 de mudas de palma forrageira doce ou miúda, resistente a doenças como a cochonilha, em municípios do semiárido baiano.