19.6.17

Eu aqui com meus botões. (Por Emiliano José)

...Aqui, com meus botões, penso no que está em jogo, no que no fundo no fundo o golpe tenta assegurar. Basta reler o último parágrafo de A tolice da inteligência brasileira, de Jessé Souza, para que compreendamos.
Vale a pena ser literal neste caso:
"Mudam-se as vestes e as fantasias, 'moderniza-se' o golpe, substituiu-se o argumento das armas pelo argumento 'pseudo-jurídico', amplia-se a aparência de 'neutralidade', sai de cena a baioneta e entra no palco da ópera bufa a toga arrogante e arcaica do operador jurídico, mas preserva-se o principal: quem continua mandando de verdade em toda a encenação do teatro de marionetes são os mesmos 1% que controlam a riqueza, o poder e instrumentalizam a informação a seu bel-prazer. Os outros 99% ou são manipulados diretamente, como a classe média 'coxinha', ou assistem de longe, bestializados, a um espetáculo o qual, como sempre, vão ter que pagar sem participar do banquete."
Resta acreditar que os 99% sejam capazes de se indignar com esse obsceno Baile da Ilha Fiscal feito pelos 1%. Que sejamos capazes de parar o Brasil no dia 30. Que não paremos de lutar. Que não entreguemos o País à selvageria extremada do capital.

Por Emiliano José.

Em sua página no Facebook.

Nenhum comentário: