25.3.21

Polícia Civil realiza 4590 exames de Covid-19 e reforça cuidados


Do início da pandemia até hoje, foram 900 casos positivos, com 766 recuperados e 11 óbitos por Covid-19 – uma taxa de mortalidade de menos de 2%

Desde o início da pandemia de Covid-19, a Polícia Civil do Estado da Bahia (PCBA) estabeleceu protocolos rígidos de prevenção à doença. Por intermédio do Departamento Médico da Polícia Civil (Demep) e do Departamento de Planejamento, Administração e Finanças (Depaf), a Instituição tem investido nos cuidados com o policial, por meio do envio de materiais de proteção individual às unidades e dos exames realizados no prédio-sede, entre outras ações.

Ao longo dos últimos dez meses, o Demep já realizou 4590 exames PCR em servidores, numa parceria com o Laboratório Central Gonçalo Muniz (Lacen). Somente em março, foram 1065 testes, com capacidade diária máxima de 160. Os esforços pela detecção rápida da doença se somam aos alertas de prevenção colocados nas delegacias e nas áreas de trabalho dos computadores das unidades. Além disso, a pedido da PCBA, unidades vêm sendo desinfectadas preventivamente pelo Corpo de Bombeiros Militar da Bahia e por secretarias de Saúde municipais.

Em caso de sintomas condizentes com a Covid-19, a recomendação do Gabinete da Delegada-Geral (GDG) é de afastamento imediato do servidor. Desde março de 2020, foram 900 casos positivos, com 766 recuperados e 11 óbitos em decorrência da doença – uma taxa de mortalidade de menos de 2%. Nesta quarta-feira (24), há 134 casos ativos na Instituição. 

Acompanhamento

O projeto Demep ao seu lado está realizando, em parceria com o Laboratório Linus Pauling, avaliações médicas diretamente nas unidades policiais. As visitas, que contam com triagem, consultas e exames, começaram no início de março e visam a acompanhar a saúde dos servidores, com foco para aqueles que se recuperaram da Covid-19. A ação, que já passou pela Central de Flagrantes, Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), Departamento de Repressão e Combate ao Crime Organizado (Draco), Delegacia Especial de Atendimento à Mulher (Deam) de Brotas e 14ª Delegacia Territorial (DT/Barra), atendeu 175 servidores. Nesta semana, os exames estão em andamento na Corregedoria de Polícia Civil (Correpol), 5ª DT/Periperi e Deam, também no mesmo bairro.

Na sexta-feira (26), o projeto avança pelo interior. Servidores de unidades de Feira de Santana poderão fazer testes RT-PCR, além de aferir temperatura, pressão arterial, glicemia e saturação de oxigênio. Em abril, estão programadas visitas à Academia da Polícia Civil, Coordenação de Documentação e Estatística Policial, Coordenação de Polícia Interestadual (Polinter), Delegacia de Repressão a Furtos e Roubos de Veículos (DRFRV), 36ª DT/Mata de São João, 26ª DT/Vila de Abrantes, 4ª DT/São Caetano e 11ª DT/Tancredo Neves.

Por: Felipe Paranhos.

Nenhum comentário: