12.4.18

Agricultura familiar do Semiárido Nordeste II recebe investimentos de mais de R$1,5 milhão do Governo do Estado

A agricultura familiar da Bahia segue recebendo investimentos do Governo do Estado. Nesta quarta-feira (11), a Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR), por meio da Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR), celebrou convênios, no âmbito do projeto Bahia Produtiva, de mais de R$1,5 milhão destinados a investimentos para o Território de Identidade Semiárido Nordeste II.

Os convênios foram autorizados pelo governador Rui Costa, em evento realizado em Adustina. Na ocasião, Rui também entregou 40 barracas, para qualificação da feira livre e dinamização da comercialização dos produtos da agricultura familiar do município, e uma Unidade de Beneficiamento de Frutas para a comunidade de Quixabeira. 

O secretário estadual da SDR, Jerônimo Rodrigues, destacou que o Território Semiárido Nordeste II foi contemplado com aproximadamente R$10 milhões de investimentos nos oito primeiros  editais do projeto Bahia Produtiva: “Esperamos que com os editais voltados para a Qualificação de Agroindústrias, Comunidades Quilombolas e Povos Indígenas, que encerram as inscrições nesta quinta-feira, esse valor fortaleça ainda mais a agricultura familiar desse território”.

De acordo com o diretor-presidente da CAR, Wilson Dias, além da cajucultura, a apicultura e a criação de caprinos e ovinos também têm um destaque muito grande no território: “Por isso, o interesse do estado em estimular essas cadeias produtivas, para que esses agricultores familiares possam produzir mais e melhor, trazendo ampliação da renda e qualidade de vida para as famílias envolvidas”.

Aumento da produção
A Associação Comunitária dos Produtores Rurais de Baixa da Roça, selecionada no edital de apicultura, e a Associação Comunitária de Pedra Furada, selecionada no edital de caprino, do município de Novo Triunfo, terão investimento de R$444.1 mil, beneficiando diretamente 60 famílias.

A presidente da Associação de Pedra Furada, Maria Josefa Miranda, afirmou que o convênio vai beneficiar a comunidade com forrageira, mudas de palma, oito caprinos reprodutores: “Vai ser muito importante pra gente, a expectativa de melhoria é grande”. 

Para a Cooperativa Regional dos Agricultores Familiares de Ribeira do Amparo, Cipó e Ribeira do Pombal (Cooperprac), selecionada no edital de fruticultura - caju, serão investidos R$507 mil, que beneficiarão diretamente 52 famílias.

Segundo Jairo Gama, presidente da Associação dos Apicultores de Ribeira do Amparo, esse benefício vai alavancar a apicultura e ajudar as famílias de apicultores do município, melhorando a produção, agregando valor ao produto: “Nossas instalações hoje não suportam o beneficiamento com qualidade dos nossos produtos, com esse apoio do governo vamos ter mais infraestrutura”.

Já a Associação de Quilombolas da Viração e Siriquinha, de Jeremoabo, será beneficiada com implantação de projeto de fomento à criação de ovinos com máquinas e equipamentos, unidade de propagação de palmas, reprodutores de ovinos e abrigo rústico, no valor de R$573,8 mil.

Nenhum comentário: