26.4.18

9ª Semana de Valorização do Trabalho Doméstico começa nesta quinta-feira, dia 26


Começa nesta quinta-feira, dia 26, no Shopping Centre Lapa, em Salvador, a 9ª Semana de Valorização do Trabalho Doméstico. Realizada pela Secretaria do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (Setre), através da Agenda Bahia do Trabalho Decente (ABTD), a ação segue até sábado (28), na Praça de Eventos do Piso L1 do Shopping, sempre das 9 às 20h.

Serviços como cadastro e intermediação de mão de obra; emissão de Carteira de Trabalho e Previdência Social (CTPS), dias 26 e 27; orientações previdenciárias, sindicais, trabalhistas, judiciárias e psicológicas; palestras; esclarecimento sobre saúde e segurança no trabalho; informações sobre violência contra a mulher, autonomia e empoderamento; e atividades culturais e artísticas serão oferecidas durante os três dias do evento.

A abertura oficial acontece hoje, dia 26, às 18h, e contará a presença do secretário do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte da Bahia, Vicente Neto, dentre outras autoridades.

“O principal objetivo do evento é sensibilizar a sociedade, para que possa compreender que o trabalho doméstico, assim como qualquer outra ocupação, precisa ser um trabalho digno. Durante o evento, serão disponibilizados: palestras, serviços e informações acerca dos direitos e deveres das trabalhadoras domésticas e empregadoras”, ressaltou o secretário.

A 9ª Semana de Valorização do Trabalho Doméstico conta com a parceria das seguintes instituições: secretarias estaduais da Saúde; de Promoção da Igualdade Racial; e de Políticas para as Mulheres; Sindicato dos Trabalhadores Domésticos; União de Negras e Negros pela Igualdade; Fundação Pedro Calmon; Shopping Center Lapa; Unijorge; Superintendência Regional do Trabalho da Bahia; Federação Nacional das Trabalhadoras Domésticas; Fundacentro; Organização Internacional do Trabalho; Fundo de Promoção do Trabalho Decente; Ministério Público do Trabalho; Solidarity Center; Associação dos Magistrados da Justiça do Trabalho da 5ª Região-BA; e Instituto Nacional do Seguro Social.

Nenhum comentário: