19.6.17

Revolução à baiana.

Me perdoem meus amigos baianos, mas não acham que estamos fazendo uma Revolução Brasileira à baiana?

Assim, em 2013 saiu todo mundo para as ruas, meio perdido, se empolgou com o clima e daí cansou.
Em 2015, fomos de carro elétrico em carro elétrico, uma hora um bloco tinha mais gente, na outra o outro bloco ganhava, mas tudo na alegria.
Em 2016, tiraram a presidenta, não tinha crime, "marrr tava todo mundo aperreado" e daí cansamos de novo e fomos para casa.
Em 2017, tão nos enchendo os patuá e tamos quase levantando de novo para "tirá os impertinente"

a seguir neste ritmo, em 2028 estaremos fazendo nossos tribunais para julgar os contra-revolucionários.
em 2030 vai sair a primeira constituição popular 
e só em 2035 vamos retirar o "ordem e progresso" da bandeira.

Uma revolução à baiana. Com muita calma.

Por Fernando Horta

Nenhum comentário: