15.6.17

Pronunciamento em apoio a Dilma Vana Rousseff e aos mais de 54,5 milhões de votos.

Caso Dilma Vana Rousseff se torne injustamente inelegível, o Movimento Pela Anulação do Impeachment poderá olhar nos olhos dos eleitores de Dilma e nos olhos dela própria sem nenhum constrangimento. 

Ainda na segunda- feira, o Comitê pela Anulação do Impeachment de São Paulo fez uma carta em nome do movimento e entregou para Dilma dentro de um lindo ramalhete com treze flores vermelhas em um evento da PUCSP. Foi entregue também, antes do evento, o panfleto do movimento para todos os presentes. 

Ativistas do PCO também estavam no evento da PUC vendendo seu jornal que luta contra o golpe e pela Anulação do Impeachment. Qual a parte do golpe que muitos perderam, para terem o disparate de defenderem a cassação do voto de 54 e meio milhão de pessoas? Quando era necessário lutar pelo mandato de Dilma e defender seu pedido de anulação do impeachment no STF, só o Movimento Nacional pela Anulação  pressionou. Os demais viraram a página do golpe, clamando por diretas de forma absolutamente afoita, se misturando até aos globais nos atos por diretas e nessa molecagem pedida por Aécio e aproveitadores da burguesia política.
 
O país está se aprofundando no golpe e virando a página na malandragem, assim como no passado não puniu torturadores. O justo, limpo e ético para purgar erros históricos de golpes mal resolvidos seria irmos aos milhares à justiça sim, irmos ao STF pra anular o golpe. Não aceitamos a cassação da chapa e muito menos a absurda possibilidade de absolvição do ilegítimo e a cassação da presidenta eleita e honesta, já que, no processo do impeachment, seus direitos políticos foram mantidos. 
É preciso queimar a mulher honesta para dizer que o Brasil ficará livre de um natimorto? 

Os brasileiros estão é se aprofundando na covardia e abraçando os crimes dos golpistas. Caso não nos manifestemos contra mais esse golpe, estaremos confirmando que eram razoáveis as alegações de um golpista que declarou recentemente que entrou com o processo no TSE "para encher o saco". 
O local certo pra defender a volta da democracia e fazer uma transição por baixo, com apoio popular, é todos nós, milhares de brasileiros que clamam por justiça, nos dirigirmos ao STF. 
Ainda dá tempo, ainda é possível! 
Quem vai ao TSE são os golpistas.

MNAI – Movimento Nacional pela Anulação do Impeachment
São Paulo, 09 de Junho de 2017.

Vídeo complementar sobre o assunto aqui.

Nenhum comentário: