16.6.17

MTST e MUSt fazem assembléia na Paulista.

MTST e MUST se unem na Paulista ‎em protesto vitorioso para liberar as verbas do Governo Federal para moradias já contratadas e não liberadas pelo Minha Casa Minha Vida 
Dirigentes da Caixa usaram o carro de som do ‎movimento e informaram que os projetos estarão liberados em 10 dias e encaminhados ao Ministério. 
Com o sucesso do ato os movimentos devem promover novos atos para liberação de diversos projetos como a construção da escola do Pinheirinho dos Palmares e novas verbas para a construção de moradias populares nas Regiões Metropolitanas de São Paulo e do Vale do Paraíba.
"Em São Paulo são milhões de famílias sem moradia digna e ‎em São José o deficit habitacional já alcança 40 mil famílias de baixa renda.
Além disso, milhares de famílias de São José dos Campos e região moram em loteamentos irregulares e precisamos lutar para que tenham mais dignidade e serviços públicos básicos.
Não basta construir casas temos que dar condições de vida" - disse Marrom, da coordenação do Must, no ato que contou com mais de 15 mil pessoas.
"A gente conquistou o que buscamos, mas se começar com enrolação a gente vem de novo e de novo e de novo, e só vamos parar quando a obra começar" reforçou Guilherme Boulos do MTST.

Nenhum comentário: