Dimas Roque: Líderes rurais e gestores de projetos apoiados pelo FIDA visitam experiências produtivas da agricultura familiar baiana

19.9.19

Líderes rurais e gestores de projetos apoiados pelo FIDA visitam experiências produtivas da agricultura familiar baiana



Um conjunto de experiências exitosas da agricultura familiar baiana, apoiadas pelo Governo do Estado, por meio da Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR), empresa pública vinculada à Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR), desenvolvidas nos municípios de Juazeiro, Casa Nova, Uauá e Sobradinho, recebeu, nesta quarta-feira (18), a visita de representantes dos projetos e programas financiados pelo Fundo Internacional de Desenvolvimento Agrícola (FIDA), que estão participando do 1º Encontro de Líderes Rurais e Gestores de Projetos FIDA no Mercosul Ampliado, evento realizado no estado da Bahia, Território de Identidade Sertão do São Francisco. 

No Assentamento Vale da Conquista, município de Sobradinho, o grupo conheceu experiências de quintais produtivos agroecológicos, ensaio forrageiro e tecnologia de reúso da água; no Assentamento Fonte de Vida, foi possível conferir a produção de fruticultura orgânica, em que o carro-chefe do cultivo é a acerola. Durante a programação, ainda foi realizada a visita das instalações da Unidade Polivalente de Beneficiamento de Polpa de Frutas, da Cooperativa Agroindustrial Vale do Paraíso  (Cooperparaíso), que está sendo ampliada, com recursos do Governo do Estado, por meio da CAR/SDR.

A uruguaia Emily Baldassari, especialista do FIDA em Gênero e População Vulnerável, com atuação na Argentina, Paraguai e Uruguai, destacou que as visitas foram experiências valiosas, possíveis de serem replicadas em outros países, em especial no uso da Caderneta Agroecológica, no empoderamento das mulheres, sendo possível visualizar o volume da produção para consumo, doação ou venda, por meio das anotações do que é produzido no quintal produtivo.

“A caderneta agroecológica é uma ferramenta que nos permite,
sobretudo, medir quantitativamente a produção. Isso é, de alguma maneira, revolucionário, porque está criando uma percepção do que se passa na propriedade e a comprovação do que realmente acontece. Como especialista em gênero do FIDA, é importante conhecer os instrumentos e as experiências a serem implantadas em outros países”, observou Emily

Já a brasileira Íris Tavares, integrante do Projeto Paulo Freire, executado no Ceará com o apoio do Fida, avaliou que as visitas foram importantes: “As experiências trazem muitas lições,  com um recorte riquíssimo que é o de trabalhar o modelo de desenvolvimento, na perspectiva no desenvolvimento da agricultura familiar, de desenvolver as pessoas. É algo fantástico, importante para que a gente possa replicar também e fortalecer as estruturas dentro da produção rural, com o apoio do FIDA e do Governo do Estado, nessa parceria”.

Exceto a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) Semiárido, que fica em Petrolina, mas também recebeu visita, todas as outras experiências da agricultura familiar visitadas nos municípios da Bahia contam com investimentos do Pró-Semiárido, projeto executado pela CAR/SDR, financiado pelo FIDA, via acordo de empréstimo com o Governo do Estado.

Desdobramentos do Encontro

O 1º Encontro de Líderes Rurais e Gestores de Projetos FIDA, no Mercosul Ampliado, termina nesta quinta-feira (19), em Juazeiro, com o compartilhamento de informações sobre as experiências exitosas visitadas.

Cerca de 80 representantes da Argentina, Bolívia, Brasil, Chile, Paraguai, Peru e Uruguai participam do debate que servirá para trocar experiências e pactuar acordos que qualifiquem os trabalhos dos projetos financiados pelo FIDA, junto à agricultura familiar.

Nenhum comentário: