Dimas Roque: Ciro, o FUGITIVO (Por Leandro Fortes)

14.9.19

Ciro, o FUGITIVO (Por Leandro Fortes)

Eu admirei Ciro Gomes e relevei seus arroubos, grosserias e idiossincrasias até ele fugir para Paris, um dia após o resultado do primeiro turno das eleições de 2018.
Não entro nem faço parte dessa discussão idiota de que Fernando Haddad teria ou não sido eleito se, ao invés de fugir, Ciro tivesse tido a hombridade de ficar ao lado da verdadeira luta que se travava, então.


Mesmo com o apoio dos eleitores de Ciro, o que, aliás, se deu em grande escala, Haddad iria perder no segundo turno. As forças reacionárias que se levantaram contra a esquerda já estavam serviço de Bolsonaro, logo após perceberem que eleger o decrépito Geraldo Alckmin, do PSDB, seria, simplesmente, impossível .
Sérgio Moro havia prendido Lula, o Judiciário estava dominado, o poder econômico azeitava a máquina de fake news e os eleitores, envenenados por kits gays e mamadeiras de pirocas, caminhavam, bovinamente, para o abatedouro moral das urnas.
Ninguém, em sã consciência, achava sinceramente que o apoio de Ciro Gomes iria reverter o segundo turno. Até porque não era disso que se tratava.
No segundo turno, o Brasil já havia deixado o debate eleitoral para tratar de algo muito mais sério: o embate civilizatório contra o fascismo.
E foi, justamente, nessa quadra da luta, que Ciro fugiu para Paris.
Poderia ter ido para Sobral e, de lá, em meio a suas maluquices e surtos psicóticos, comandado seu apoio à luta.
Mas preferiu fugir para Paris, com todo simbolismo de deboche e desprezo de classe que, ele sabia, isso iria significar.
Fugiu. Não tentem pensar em outro verbo.
Estávamos todos de mãos dadas, com os bárbaros de dentes arreganhados em frente às nossas portas, e Ciro fugiu, pusilânime, covarde.
Agora, diante do desastre que não ousou enfrentar, voltou ao seu estilo cuspidor de impropérios, xingamentos e repentes de revolucionário de bordel.
Finge ter apenas curtido férias merecidas, em Paris.
Mas nós sabemos, todo mundo sabe, Ciro, que você fugiu.
O cirismo é um delírio de quem precisa acreditar, desesperadamente, na existência de um antipetismo honesto.
No limite, não passa, também, de uma fuga.

4 comentários:

Unknown disse...

Faz tempo que afirmo isso tudo dito. Agora é que eleitores de Ciro irracionalme destilam ataques aos esquerdistas esquecendo que é o BOZO que está destruindo o país. Vejo isso como imaturidade, reversão de valores e falta de compromisso para com o povo.

Oindivíduo disse...

Primeiro pesquise antes de dizer que o Ciro Gomes fugiu pois no final do primeiro turno ele e seu partido fizeram isso:

"Ciro Gomes (PDT) declarou um apoio discreto ao candidato Fernando Haddad (PT), recusando participação na campanha ou na composição de um eventual governo petista.(...)
Ciro foi questionado por jornalistas se ele seria mais contra Bolsonaro que a favor de Haddad, se limitou a responder: "Abaixo o fascismo, pela democracia! Abaixo a ditadura! Nunca mais de volta".(...)
As declarações de Ciro Gomes logo após a apuração das urnas no último domingo, 7, adiantavam que o candidato não manteria neutralidade no segundo turno. “Minha história de vida é uma história de vida de defesa da democracia e contra o fascismo. Ele não, sem dúvida" (...) "

https://brasil.elpais.com/brasil/2018/10/11/politica/1539210686_938818.html

Então mesmo antes de ir a Paris, declarou um apoio indiscreto contra o fascismo mas que não iria fazer discurso em campanhas sabe porque?Porque o PT foi tão canalha com ele que simplesmente se aliaram a oposição responsável pelo Impeachment de Dilma(Que os próprios petistas chamavam de golpe) em 15 estados como o MDB, PSD, PTB, PR e Rede:https://politica.estadao.com.br/noticias/eleicoes,nas-eleicoes-2018-pt-se-alia-a-partidos-que-apoiaram-impeachment,70002436822 e pior,tal PT além de escolher um poste do Lula desconhecido mesmo sabendo do antipetismo... ousou fazer que o PSB fica -se neutro deixando o partido do PDT isolado como pode ver na reportagem a seguir através de ordens do próprio Lula:https://www.gazetadopovo.com.br/politica/republica/eleicoes-2018/como-lula-agiu-da-cadeia-para-sabotar-a-candidatura-ciro-gomes-9ky93qh81rfa65unvf9i57m49/ que ao apoiar o PT,PSB deveria ficar neutro e isso prejudicou muito a candidatura de Ciro:https://g1.globo.com/politica/eleicoes/2018/noticia/2018/08/01/pt-decide-apoiar-candidatos-do-psb-aos-governos-de-amazonas-amapa-paraiba-e-pernambuco.ghtml por isso o Ciro disse em 2 de agosto de 2018 o seguinte:
"(...)"O PT entrou numa que eu tenho que respeitar, tenho que ter paciência. Mas, francamente, eu não sei o que eu fiz para merecer esse tipo de conduta, de desapreço e de hostilidade. Porque, se nós olharmos, eu até pago um certo preço, eu apoiei Lula todos os dias sem faltar nenhum ao longo dos últimos 16 anos", afirmou o candidato. (...)"

https://g1.globo.com/politica/eleicoes/2018/noticia/2018/08/02/ciro-gomes-diz-ter-sido-extremamente-leal-a-lula-e-se-declara-surpreso-com-tratamento-hostil-do-pt.ghtml

Lembrando que até a metida da Gleisi no dia 3 de maio de 2018 teve a cara de pau em dizer que:
“Mas ele não sabe que o Ciro não passa no PT nem com reza brava?”. mostrando que não ia apoiar o PDT de forma alguma não importando a situação:https://revistaforum.com.br/politica/gleisi-hoffmann-ciro-nao-passa-no-pt-nem-com-reza-brava/

Portanto vá se informar porque o Ciro não tinha obrigação alguma de fazer campanha para um partido traídor cujo tentou ser uma alternativa que não fosse o fascismo ou um poste do Lula mas não conseguiu portanto... a culpa É toda do PT ao ter apostado num desconhecido para ser o poste do Lula mesmo sabendo que tudo indicava que eles perderiam e no fim... quem nos entregou ao fascismo foi justamente tal partido do Lula que na mania de querer manter a hegemonia... foi um dos responsáveis pela situação que vivemos agora.

Oindivíduo disse...

Antes de confiar no post desse cara que o Ciro Gomes "fugiu"... saiba que no final do primeiro turno ele e seu partido fizeram isso:

"Ciro Gomes (PDT) declarou um apoio discreto ao candidato Fernando Haddad (PT), recusando participação na campanha ou na composição de um eventual governo petista.(...)
Ciro foi questionado por jornalistas se ele seria mais contra Bolsonaro que a favor de Haddad, se limitou a responder: "Abaixo o fascismo, pela democracia! Abaixo a ditadura! Nunca mais de volta".(...)
As declarações de Ciro Gomes logo após a apuração das urnas no último domingo, 7, adiantavam que o candidato não manteria neutralidade no segundo turno. “Minha história de vida é uma história de vida de defesa da democracia e contra o fascismo. Ele não, sem dúvida" (...) "

https://brasil.elpais.com/brasil/2018/10/11/politica/1539210686_938818.html

Então mesmo antes de ir a Paris, declarou um apoio indiscreto contra o fascismo mas que não iria fazer discurso em campanhas sabe porque?Porque o PT traiu ele que se aliando a oposição responsável pelo Impeachment de Dilma(Que os próprios petistas chamavam de golpe) em 15 estados como o MDB, PSD, PTB, PR e Rede:https://politica.estadao.com.br/noticias/eleicoes,nas-eleicoes-2018-pt-se-alia-a-partidos-que-apoiaram-impeachment,70002436822 e pior,tal PT além de escolher um poste do Lula desconhecido mesmo sabendo do antipetismo... ousou fazer que o PSB fica -se neutro deixando o partido do PDT isolado como pode ver na reportagem a seguir através de ordens do próprio Lula:https://www.gazetadopovo.com.br/politica/republica/eleicoes-2018/como-lula-agiu-da-cadeia-para-sabotar-a-candidatura-ciro-gomes-9ky93qh81rfa65unvf9i57m49/ que ao apoiar o PT,PSB deveria ficar neutro e isso prejudicou muito a candidatura de Ciro:https://g1.globo.com/politica/eleicoes/2018/noticia/2018/08/01/pt-decide-apoiar-candidatos-do-psb-aos-governos-de-amazonas-amapa-paraiba-e-pernambuco.ghtml por isso o Ciro disse em 2 de agosto de 2018 o seguinte:
"(...)"O PT entrou numa que eu tenho que respeitar, tenho que ter paciência. Mas, francamente, eu não sei o que eu fiz para merecer esse tipo de conduta, de desapreço e de hostilidade. Porque, se nós olharmos, eu até pago um certo preço, eu apoiei Lula todos os dias sem faltar nenhum ao longo dos últimos 16 anos", afirmou o candidato. (...)"

https://g1.globo.com/politica/eleicoes/2018/noticia/2018/08/02/ciro-gomes-diz-ter-sido-extremamente-leal-a-lula-e-se-declara-surpreso-com-tratamento-hostil-do-pt.ghtml

Oindivíduo disse...

Lembrando que até a metida da Gleisi no dia 3 de maio de 2018 teve a cara de pau em dizer que:
“Mas ele não sabe que o Ciro não passa no PT nem com reza brava?”. mostrando que não ia apoiar o PDT de forma alguma não importando a situação:https://revistaforum.com.br/politica/gleisi-hoffmann-ciro-nao-passa-no-pt-nem-com-reza-brava/

Portanto é preciso se informar que o Ciro não tinha obrigação alguma de fazer campanha para um partido traídor,cujo tentou ser uma alternativa que não fosse o fascismo ou um poste do Lula no 1° turno mas não conseguiu portanto... a culpa É toda do PT ao ter apostado num desconhecido para ser o poste do Lula mesmo sabendo que tudo indicava que eles perderiam e no fim... quem nos entregou ao fascismo foi justamente tal partido do Lula que na mania de querer manter a hegemonia... foi um dos responsáveis pela situação que vivemos agora.


Lembrando que,como mostro na reportagem a seguir,quem está fugindo das responsabilidades até hoje é o próprio PT e o PSOL:
"(...)Representantes de 16 partidos e integrantes de diversos segmentos sociais estiveram presentes na PUC. Nomes importantes como Flávio Dino, do PCdoB, o pedetista Ciro Gomes, Márcio França, do PSB, Marta Suplicy, hoje sem partido, deixaram as rusgas de lado em nome da defesa da democracia.(...)
nenhum dirigente compareceu, o que indica que o partido não irá entrar de cabeça no movimento. Fernando Haddad, que chegou a participar da gestação do grupo em maio, confirmou presença no evento, mas simplesmente não apareceu. Não mandou um recado para ser lido no evento como fizeram outros ausentes, nem mandou um representante. Assim como Haddad, o psolista Guilherme Boulos também participou das primeiras reuniões, mas decidiu não comparecer. Também não havia nenhuma liderança do PSOL presente."

https://theintercept.com/2019/09/08/pt-lula-livre-frente-ampla-democracia/

Como pode ver... enquanto partidos de esquerda e até centro-direita se reúnem em defesa da democracia... o PT e PSOL ficam somente no Lula Livre enquanto o Bolsonaro simplesmente destrói o país por isso a única falta de maturidade e falta de compromisso com o povo novamente está no Partido dos Trabalhadores que ao invés de se reunirem com os outros partidos... preferem ficar isolados numa pauta secundária.