5.6.19

O PT terá candidatura à prefeitura de Aracaju



A cidade de Aracaju em Sergipe é hoje administrada pelo prefeito Edvaldo Nogueira do PCdoB. Está no seu terceiro mandato. Ele também já esteve vereador e vice-prefeito quando o titular foi Marcelo Déda do Partido dos Trabalhadores, e assumiu a prefeitura com a renúncia de Marcelo Déda, para disputar o governo do estado.

Desde o dia 1º de janeiro de 2017 que vem administrando a cidade com um grupo que também tem, o PMDB e o PSD juntos dando sustentação política a administrativa.

O PT local vem mostrando insatisfação com o tratamento que vem recebendo de Edvaldo. Segundo Silvio Santos, pessoa importante na estrutura interna do partido, a Gestão Edvaldo está abaixo da expectativa. Ele chegou a dar nota 5 ao prefeito. E este tensionamento está levando a uma candidatura própria irremediavelmente. As críticas não são de uma única pessoa, ela está generalizada dentro Partido.

Além dos sinais públicos de afastamento da candidatura Edvaldo a reeleição, o PT mostra claramente que a tendência é a candidatura própria e o nome que mais é citado é o da ex-vice-prefeita e atual vice-governadora Eliane Aquino. E não se enganem que este movimento é coisa de quem está pressionando para obter espaço. A viúva de Marcelo Déda tem a benção de Luís Inácio Lula da Silva. Que recebeu o senador Rogerio Carvalho em Curitiba e deixou claro a sua preferência pela candidatura dela em Aracaju.

Mas, e se ela não topar ser candidata? O PT terá candidato, seja Eliane ou outro nome a prefeitura de Aracaju, isto é, como se diz no Nordeste, “prego batido e ponta virada”.

Mas nenhum partido tem candidato sem que consiga aglutinar em torno de si, um número considerável de forças políticas. E é isto que vem acontecendo. O PT vem mantendo conversa com outros partidos que no passado estiveram em uma aliança em torno de Déda. São eles, PSB, PRB e também o PR. E como disse um Petista sergipano, “o partido terá uma candidata a prefeita e estamos abertos a conversa com as forças políticas de Aracaju”.

A pergunta que fica é, “como o prefeito Edvaldo Nogueira conseguiu perder o apoio de partidos que estiveram com ele na eleição passada?”.

Nenhum comentário:

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial