20.2.18

Atividade turística cresce em 17 municípios baianos.

A atividade turística cresceu em 17 municípios baianos. A informação é do Ministério do Turismo (MTur), que divulgou a nova categorização das cidades integrantes do Mapa do Turismo Brasileiro. A avaliação leva em conta as variáveis do desempenho econômico, como o número de empregos, de estabelecimentos formais no setor de hospedagem e também os fluxos turísticos, doméstico e internacional.

Os avanços no desenvolvimento da economia do turismo foram constatados em Lauro de Freitas, Santa Cruz Cabrália e Teixeira de Freitas, que alcançaram a categoria ‘B’. Os municípios de Adustina, Aratuípe, Ibicoara, Ibotirama, Mucugê, Palmeiras e Uruçuca foram elevados à categoria ‘C’. Esplanada, Formosa do Rio Preto, Gentio do Ouro, Itanhém, Pindobaçu, Planaltino e Sento Sé pertencem agora à classe D’.

Os municípios foram classificados de acordo com o desempenho registrado em pesquisas dos ministérios do Turismo e do Trabalho. Estão reunidos em uma mesma categoria cidades que possuem características semelhantes, para fins de atendimento nas áreas de infraestrutura, qualificação de serviços, etc.

A Secretaria do Turismo da Bahia (Setur) tem incentivado os municípios a atender às orientações do MTur, com o propósito de facilitar a integração com as políticas de desenvolvimento do setor. “O mapa contempla destinos consolidados (Salvador, Porto Seguro, Cairu e Mata de São João) e aqueles que possuem grande potencial para crescer, a exemplo de Santa Cruz Cabrália, Mucugê e Esplanada, ratificando o nosso trabalho para a expansão da atividade turística”, afirma o secretário estadual José Alves.

A classificação beneficia os municípios turísticos da Bahia, que podem pleitear investimentos federais para implantação e melhoria da infraestrutura turística, além de apoio financeiro para a realização de eventos geradores de fluxo turístico.

A Bahia elevou para 150 o total de municípios no mapa turístico consolidado pelo MTur em setembro do ano passado – antes eram 118. Com quase 20% do número de cidades turísticas do Nordeste (ao todo são 758), o estado é líder da região.


Por Ana Paula Cabral.

Nenhum comentário: