17.4.21

Parceria viabiliza inserção de novas comunidades rurais nas ações de combate à pobreza


Agricultoras e agricultores familiares das comunidades rurais de Vereda da Prensa, Carnaiba e Jatobazeira, no município de Remanso, contarão com ações específicas de fomento à produção agrícola e pecuária. Isso porque o Governo do Estado, por meio do Pró-Semiárido, projeto executado pela Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR), empresa vinculada à Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR), firmou parceria com a Prefeitura Municipal de Remanso para investir no desenvolvimento dessas comunidades e, consequentemente, garantir segurança alimentar e nutricional e renda para as famílias. 

Para tanto, foi realizada, na manhã dessa quinta-feira, 15, a assembleia de apresentação e formação de grupos. O evento, semipresencial, foi facilitado pela assessora de políticas públicas do Pró-Semiárido, Jussara Oliveira, e pelo técnico em desenvolvimento produtivo do Pró-Semiárido, Emanoel Amarante, ambos participando de forma remota. E contou com o apoio e a presença do secretário de Agricultura e Pesca de Remanso, Arivaldo Ribeiro de Souza (Bibi), e de membros da sua equipe, além de 80 agricultores e agricultoras familiares das comunidades que participaram da videochamada, reunidos nos espaços físicos de suas associações, com uso de máscara e respeitando o distanciamento.

“A gente vem tendo vários desafios na pandemia, e uma delas é reunir o povo de forma on-line. O apoio da secretaria foi muito bom para assegurar a participação das comunidades e dar seguimento a esta parceria dos municípios com a CAR. É muito importante esta mobilização para levar as políticas públicas para comunidades que nunca receberam investimentos”, pontua Emanoel Amarante. Ele fez ainda uma avaliação do evento: “A gente conseguiu sucesso na assembleia, apresentação do projeto. e organização dos grupos. Pudemos escutar os agricultores e as agricultoras e continuar com o uso desta metodologia participativa do projeto, com inclusão de jovens, mulheres e homens”. 

Como encaminhamento, as famílias participantes ficaram com o compromisso de eleger 18 delegados e delegadas membros das três comunidades, respeitando a equidade de gênero e a sucessão rural para participar das próximas etapas de implantação do projeto, que são as oficinas de elaboração do plano de desenvolvimento da comunidade e oficina de elaboração do plano de investimento. Quanto às áreas que foram colocadas pelas agricultoras e agricultores como essenciais para o desenvolvimento das comunidades, segurança alimentar e acesso à renda, e que devem contar com o investimento do projeto, estão a apicultura, caprino-ovinocultura e agrobiodiversidade (fomento à produção de hortaliças e criação de galinhas).

Parcerias

No território de identidade Sertão do São Francisco, as prefeituras de Juazeiro, Casa Nova e Sobradinho já estão executando as ações do projeto Pró-Semiárido, por meio da parceria entre Estado e municípios. O projeto conta com o cofinanciamento do Fundo Internacional de Desenvolvimento Agrícola (Fida).

Nenhum comentário: