15.12.21

Começa hoje a 12ª Feira Baiana da Agricultura Familiar e Economia Solidária

A 12ª Feira Baiana de Agricultura Familiar e Economia Solidária, a maior feira da agricultura familiar do país, começa nesta quarta-feira (15), no Parque Costa Azul, em Salvador. A abertura será a partir das 17h e vai contar com a presença de secretários da Agricultura Familiar do Nordeste. 

Na ocasião, será lançada a plataforma mercaf.com.brf, o mercado virtual de venda delivery de produtos da agricultura familiar da Bahia, e o Catálogo de Produtos da Agricultura Familiar da Bahia 2022.

A programação musical fica por conta do cantor Jau, às 19h, e de Vanessa Borges – ex-The Voice, às 20h30.  A feira segue até o domingo (19).

Durante os cinco dias de evento, serão comercializados 1.500 produtos de mais de 200 cooperativas e associações da agricultura familiar dos 27 territórios de identidade da Bahia. São produtos saudáveis com o sabor da nossa terra.

Esta edição traz espaços inéditos como licuriteria (produtos derivados do licuri), umbuteria (produtos derivados do umbu), cajuteria, (produtos derivados do caju), cachaçaria, cafeteria e chocolateria, espaço infantil com Tio Paulinho, e uma Vila Gastronômica, onde estarão 12 barracas comercializando petiscos e comidas rápidas como o cuscuz com bode e tapiocas com diversos recheios.

O público também poderá conhecer e adquirir os produtos das tendas Indígena e Quilombola, e visitar a Vila Gastronômica, que servirá comidas rápidas e petiscos, utilizando ingredientes da agricultura familiar, além de picolés produzidos com frutas do Cerrado, a exemplo do pequi, buriti, araçá, jaboticaba e cagaita, entre outros.

A 12ª Feira Baiana da Agricultura Familiar e Economia Solidária é realizada pelo Governo do Estado, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR), em parceria com a União das Cooperativas da Agricultura Familiar (Unicafes), com o apoio da Secretaria do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (Setre), Companhia de Desenvolvimento Urbano do Estado da Bahia (Conder) e do Banco do Nordeste.

Nenhum comentário: