12.9.21

Governo entrega 372 títulos de terra e fortalece agricultura familiar do Território Irecê



A agricultura familiar do Território de Identidade Irecê está mais fortalecida após o governador Rui Costa entregar, simbolicamente, nesta sexta-feira (10), 372 títulos de terra registrados em cartório, em benefício de agricultores familiares dos municípios de América Dourada, Barra dos Mendes, Cafarnaum, Ipupiara, Irecê , Ibipeba, Ibititá, Lapão, São Gabriel, Gentio do Ouro, Mulungu do Morro e Presidente Dutra.

O ato de entrega dos títulos aconteceu no município de Irecê, durante a inauguração do serviço de hemodinâmica em Irecê e a autorização da ampliação do hospital regional, com a presença da coordenadora executiva da Coordenação de Desenvolvimento Agrário (CDA), Camilla Batista, do secretário de Relações Institucionais, Luiz Carlos Caetano, da secretária da Saúde em exercício, Tereza Paim, do prefeito de Irecê, Elmo Vaz, do presidente do Consorcio de Irecê e prefeito de Jussara, Tarcinho Mendes, além de deputados estaduais, federais e lideranças da região.

Os títulos de terra emitidos são resultado da parceria firmada entre a Coordenação de Desenvolvimento Agrário (CDA), unidade da Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR), com o Consórcio Público de Desenvolvimento Sustentável do Território de Irecê, no âmbito do Projeto Bahia Mais Forte, Terra Legal, que conta ainda com a parceria da Associação dos Registradores de Imóveis da Bahia (Ariba), viabilizando a entrega do título já registrado em cartório.

Camilla Batista, coordenadora executiva da CDA/SDR, ressalta que “o processo de regularização fundiária é um instrumento que fortalece a agricultura familiar por meio do seu resultado final, que é a emissão do título de terra já registrado em cartório. Este documento garante aos nossos agricultores e agricultoras a posse efetiva da terra, passando a terem, em mãos, o título de sua propriedade, um direito de quem produz com dignidade alimentos saudáveis que chegam às mesas dos cidadãos e cidadãs baianas”.

Com o título em mãos, os agricultores poderão acessar financiamento junto às instituições financeiras e outras políticas públicas que viabilizam melhorias na sua produção, aquisição de insumos ou outros investimentos, além de aquisição de bens duráveis.

“Ter esse título era um sonho que hoje está sendo realizado. Sempre quis tê-lo e não sabia como alcançá-lo. Graças a Deus e ao governador Rui Costa, meu título está em minhas mãos”, comemora Albertina José dos Santos, agricultora familiar da comunidade de Umbuzeiro, em Irecê.

Para Rebeca Alves da Silva, da comunidade de Itapicuru, em Irecê, receber o título da sua terra é um dos mais importantes presentes que já recebeu na vida: “Esse documento da nossa roça irá servir para vida toda. A visita do governador Rui Costa na nossa cidade é muito importante, ganhei esse valioso presente, o título da minha terra”.

Nenhum comentário: