17.12.20

Justiça dá cinco dias para Luiz de Deus e Marcondes Francisco se defender das acusações

O partido Solidariedade e o vereador Mário galinho deram entrada em uma notícia crime, chamada de Ação de Investigação Judicial Eleitoral (AIJE), contra o atual prefeito Luiz de Deus e seu futuro vice-prefeito, Marcondes Francisco. Na denuncia eles pedem a cassação do Diploma dos eleitos para prefeito e vice respectivamente. Segundo a alegação, eles teriam cometido abuso de poder econômico.

Na denuncia entregue a justiça eles dizem que, “no esteio de promover sua reeleição utilizando-se da máquina pública em prol de sua campanha eleitoral, promoveu centenas de contratações de servidores públicos, sem concurso público às vésperas e durante a campanha eleitoral. Foram inclusive anexadas as publicações das nomeações no Diário Oficial dos dias 01/09, 08/09, 14/09, 15/09, 16/09, 22/09, 24/09, 29/09, 30/09, 01/10, 07/10, 20/10, 20/10, 21/10 e 26/10”.

Hoje 17 de dezembro de 2020, a 181ª Zona da Justiça Eleitoral de Paulo Afonso na Bahia, emitiu um “Despacho” onde solicita que, “cumpra-se o qunto determinado no art. 22 da Lei Complementar nº 64/90, noticiando-se os representados a fim de que, no prazo de 05 (cinco) dias ofereçam defesa.”

No despacho ainda há a informação de, “findo o prazo da notificação, voltem os autos conclusos”. O que segundo um advogado que preferiu manter seu nome em reserva, “Parece que vai ser mesmo feito justiça no município de Paulo Afonso. Esperamos que isto também sirva para aqueles que por ventura tenha cometido algum tipo de crime durante o período eleitoral”.

Nenhum comentário: