11.12.20

Pró-Catador entrega equipamentos para cooperativas de materiais recicláveis



Cooperativas de catadores das regiões norte e sul da Bahia receberam, nesta quinta-feira (10), equipamentos que vão garantir mais autonomia na coleta e comercialização de materiais recicláveis. Durante solenidade realizada no Centro Administrativo da Bahia (CAB), em Salvador, sete grupos foram contemplados pela Secretaria do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (Setre) com carrinhos, esteira elétrica, prensas hidráulicas e balanças eletrônicas.

A iniciativa faz parte do projeto Pró-Catador, que está beneficiando mais de 4 mil trabalhadores de 12 municípios baianos, por meio da oferta de capacitação e assistência técnica para garantia de direitos básicos, formação de redes de cooperativas e comercialização dos produtos a preços justo.

“Somos cerca de 800 cooperados na cidade de Ilhéus e não tínhamos esses equipamentos, que chegaram em boa hora e são fruto de muita luta”, destacou a presidente da Cooperativa de Catadores Consciência Limpa (Coolimpa), um dos grupos beneficiados, Deize Meire Silva. 

Também receberam os itens a Cooperativa Recicla Jacobina, Cooperativa de Trabalho de Catadores de Materiais Recicláveis de Eunápolis, Cooperativa de Materiais Recicláveis de Juazeiro, Cooperativa de Trabalho de Catadores de Porto Seguro, Cooperativa de Trabalho de Serviço dos Catadores e Catadoras de Materiais Recicláveis de Irecê e Cooperativa de Catadores de Senhor do Bonfim.

“O Pró-Catador visa valorizar e promover a inclusão socioprodutiva de catadores de resíduos sólidos, que se organizam na perspectiva da Economia Solidária, pautados por princípios como respeito mútuo, solidariedade e processo cooperativo de trabalho”, afirmou o coordenador de Assistência Técnica e Inclusão Socioprodutiva da Setre, Efson Lima.

Na ocasião, também ocorreu a entrega simbólica de kits de equipamentos de proteção individual, compostos por calça, camisa, botas, máscaras com filtro, bonés, big bags e luvas adequadas à atividade dos catadores. 

A assessora especial da Setre, Lívia Borges, reforçou os impactos sociais do Pró-Catador. “É uma ação que contribui para a promoção do trabalho decente entre os catadores, unindo geração de renda e preservação ambiental. Espero que esse seja só o primeiro passo para que outras parcerias entre as cooperativas e o Governo do Estado sejam firmadas”.

Nenhum comentário: