23.4.20

Mais 41 novos municípios baianos têm decretos de calamidade pública aprovados pela Assembleia: no total já são 374 cidades


Presidente Nelson Leal ainda aguarda requerimentos dos 43 municípios restantes

A Assembleia Legislativa realizou sessão virtual hoje (23.04), onde votou e aprovou por unanimidade 41 novos projetos de decreto legislativo municipais solicitando o reconhecimento do “estado de calamidade pública” em razão da pandemia do Covid-19. No total, 374 dos 417 municípios baianos já vivem sob os efeitos dos decretos extraordinários. “Estamos prontos para votar os 43 pedidos de reconhecimento do estado de calamidade. Só basta que os pedidos do Executivo municipal cheguem à Mesa Diretora. Agora, o importante é manter o isolamento social e, principalmente, usar máscara. A chance de contágio de dois indivíduos que estiverem usando máscara cai para apenas 1,5%”, explica o presidente da Assembleia Legislativa da Bahia – ALBA, deputado Nelson Leal. 


Com a aprovação pela ALBA, o estado de calamidade pública vige, a partir de hoje, em Abaré, Adustina, Amargosa, América Dourada, Aramari, Glória, Ibiassucê, Jaborandi, Mairi, Mortugaba, Ourolândia, Paratinga, Pindaí, Rafael Jambeiro, Santa Luz, Santo Antônio de Jesus, Sítio do Mato, Várzea da Roça, Xique-Xique, Aporá, Ichu, Urandi, Itapebi, Barreiras, Cícero Dantas, Cristópolis, Encruzilhada, Esplanada, Heliópolis, Ibicuí, Ibirapitanga, Irajuba, Jeremoabo, Macajuba, Antônio Gonçalves, Eunápolis, Iraquara, Lajedinho, Muquém do São Francisco, Poções e Taperoá. 

Nenhum comentário: