27.4.17

Padre Zezinho e a Greve Geral do dia 28.

COM ESTA GREVE NÃO PETETIZEI , NEM TUCANEI , NEM COMUNISTIZEI, NEM SOCIALISTIZEI, NEM PMDBZEI...

Apenas tentei me catolicizar um pouco mais, porque uma coisa é pedir sacrifício do povo e outra é manter e até aumentar os privilégios da classe política, dos bancos e dos que não cedem em nada.

Não estou vendo cortes de políticos, partidos e congressistas. Por mim poderia cortar 50% de todos os gastos com políticos e partidos, reduzir drasticamente o número de deputados e senadores, carros e benesses dos eleitos, como é em países mais politizados ! Os políticos do Brasil são nababos e fazem isso porque acham que somos bobocas que nunca reagem. Contam com as próximas eleições achando que o povo não sabe votar e os elegerão de novo!

Se o sacrifício fosse para todos daria para conversar. Como está, quem vai arcar com estas reformas é quem já arca com elas!

Então aceito esta greve, mesmo que seja esquerdista. Que os outros brasileiros se movimentem e saiam às ruas para defender os promotores e juizes que estão mostrando a podridão da elite política que saqueou o país.
E poucos partidos e sindicatos escaparam dessa roubalheira! Às ruas são para isso, desde que não haja violência. E quem tem medo disso vai ter que engolir novos aumentos e mais privilégios para os políticos que já ganham quase 500 a 1000% do que o trabalhador comum ganharia. Faça as contas !

As raposas e os lobos ainda acham que o povo continua a ser um bando de galinhas e cordeiros. As próximas passeatas e as próximas urnas dirão o que o povo pensa !
Se os políticos são os mesmos, o povo não é mais!

Por Padre Zezinho.

Nenhum comentário: