15.12.20

Doce de buriti é lançado na 11ª Feira Baiana de Agricultura Familiar e Economia Solidária



O doce de buriti, o Buricã, é uma das novidades da 11ª Feira Baiana de Agricultura Familiar e Economia Solidária, que acontece até o próximo domingo (13). O produto está à venda na loja virtual do site Feira da Agricultura Familiar, onde o internauta vai encontrar mais de 600 produtos sendo comercializados e uma intensa programação com Cozinha Show, lives com artistas baianos e capacitações.

O Buricã é produzido pela Associação Comunitária Beneficente dos Brejos Dois Irmãos, do município de Pilão Arcado, no Território Sertão do São Francisco. O extrativismo do buriti é uma atividade que preserva a biodiversidade local e gera emprego e renda para as comunidades extrativistas na região dos Brejos de Pilão Arcado.

O doce é produzido por agricultores familiares das comunidades de Dois Irmãos, Carrasco, Capoeira, Urubu e Pequi, que extraem o fruto da palmeira, nativa do cerrado, e os transformam em doce na forma de barra.

Para o presidente da associação, Cosme Alves de Souza, ver o produto ser apresentado pela primeira vez e para todo o estado é gratificante: “Antes só quem conhecia o nosso doce era o pessoal da comunidade e de alguns municípios próximos. A Feira está mostrando o nosso buriti, que a gente se alimenta no nosso dia a dia, para o estado e para o Brasil. Estamos muito alegres, pois não é só o doce, é o esforço de muitas famílias que diariamente lutam para garantir o sustento de suas famílias e para preservar esse fruto. Essa participação na Feira nos estimula a buscar mais, pois vemos o potencial do nosso produto”.

O buriti aumenta a saciedade e estimula o funcionamento do intestino, por conter fibras, é um energético natural, tem ação antibacteriana e vermífuga, hidrata, fortalece e suaviza os cabelos. Além disso, por ser rico em vitamina C e antioxidantes, o buriti ajuda a fortalecer o sistema imune.

A Feira Baiana da Agricultura Familiar e Economia Solidária é uma iniciativa da Secretaria de Desenvolvimento Rural do Estado da Bahia (SDR), em parceria com União Nacional das Cooperativas da Agricultura Familiar e Economia Solidária (Unicafes) e integra a estratégia do Governo do Estado de promover espaços de comercialização dos produtos da agricultura familiar.

Nenhum comentário: