16.12.20

Agricultura familiar da Bahia conta com curso on-line de Fruticultura Orgânica



Teve início, nesta terça-feira (15), o Curso de Fruticultura Orgânica, com aulas ao vivo, pelo canal Embrapa Mandioca e Fruticultura, no Youtube.  O curso é promovido pela 

Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR), por meio da Coordenação de Pesquisa, Inovação e Extensão Tecnológica (Cepex), em parceria com a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa). A primeira aula foi sobre o preparo e o manejo do solo para produção orgânica de fruteiras.

As inscrições estão encerradas, mas as aulas serão transmitidas, sempre das 8h às 12h, no canal Embrapa Mandioca e Fruticultura, no Youtube, e ficarão disponíveis para o público em geral. A ação irá possibilitar aos agricultores e agricultoras familiares, que desejam aderir à produção orgânica, os conhecimentos e as técnicas para enfrentar a transição sustentável, para cultivo orgânico de frutas. Para conferir o conteúdo da abertura e do 1º módulo, clique aqui.

“Uma das maiores potências da agricultura familiar é a produção de alimentos saudáveis e isso é um diferencial, que coloca a agricultura familiar acima de todos os modelos, mas os agricultores e agricultoras precisam de ferramentas para tornar seus processos produtivos mais sustentáveis. Então, esse curso de fruticultura orgânica vai dar uma bagagem muito boa, não apenas para usar as técnicas na fruticultura, mas os aprendizados poderão ser utilizados em outras atividades agropecuárias”, destacou José Tosato, coordenador da Cepex/SDR.

Tosato informou ainda que a iniciativa surgiu a partir de demandas apresentadas pelos agricultores e agricultoras, de formação que possa transformar os processos agropecuários sustentáveis: “Nós sabemos que não é fácil e que a transição agroecológica é um desafio, mas um curso como esse, sólido, com 700 inscrições, mostra como é o interesse dos agricultores e técnicos extensionistas, que querem mudar seus processos produtivos. Então, é preciso unir esse conhecimento técnico-científico com os conhecimentos tradicionais que os agricultores já têm”. 

O chefe geral da Embrapa Mandioca e Fruticultura, Alberto Vilarinhos, ressaltou que é uma grande oportunidade de investir na fruticultura orgânica, pois a Bahia é o estado que tem a maior área plantada com frutas, do Brasil, e o segundo maior produtor. Segundo Vilarinhos, a fruticultura orgânica traz consigo a marca da sustentabilidade e que pode ser explorado com preços mais justos e mais competitivos. Ele lembrou ainda que essa iniciativa foi possível pela parceria importante que contou com a emenda parlamentar do deputado Afonso Florence e a execução da SDR: “Temos que unir nossas forças, por que juntos nós somos muito mais fortes”.

A programação conta com cinco módulos e um complementar, que abordará temas como o Preparo e o Manejo do solo para produção orgânica de fruteiras (Módulo 1 – 15/12/2020); Produção orgânica de banana (Módulo 2 – 17/12/2020); Produção orgânica de maracujá (Módulo 3 – 12/01/2021); Produção orgânica de abacaxi (Módulo 4 – 15/01/2021); Produção orgânica de manga (Módulo 5 – 21/01/2021), das 8h às 12h; e Certificação da produção orgânica. Produção de mudas de umbu e umbu-cajá (Módulo complementar – data a definir, 2021).

Em todos os módulos será realizado o registro da presença e a avaliação do conhecimento adquirido no módulo. O participante com 70% de presença e de envio das avaliações receberá o certificado em até 30 dias após o término do curso.

Nenhum comentário: