10.4.17

Chapas não se entendem na apuração dos votos na Bahia.

Sobre a  totalização dos votos na Bahia – VI Congresso do PT.

A Comissão Organizadora Eleitoral do PT-BA reunida no dia 09 de abril de 2017, às 22h30min na sede do PT-BA, deliberou 
pelos seguintes procedimentos para a totalização dos votos para as chapas estaduais de 
delegados ao VI congresso do PT:

1- Impressão dos documentos municipais por ordem de chegada;

2- Verificação pela COE e aprovação das atas de apuração e eleição;

3- Lançamento na planilha de apuração;

4- No caso da não aprovação, separar os documentos para posterior avaliação da COE;

5- Urnas abertas antes das 9h e fechada após as 17h que não apresente questionamento 
de fiscais, ou prejuízos relevantes à lisura do processo, devem ser consideradas 
válidas;

6- Retomar dos trabalhos às 9h do dia de hoje (10.04) seguindo os procedimentos 
acordados

Na abertura dos trabalhos de apuração de hoje (10/04) as chapas OPTEI e CNB anunciaram 
que não aceitariam a continuação da totalização dos votos estaduais. Que para dar 
continuidade aos trabalhos, a Comissão Organizadora Estadual precisaria resolver questões 
relativas à eleição do Diretório Municipal de Salvador. 

*A COE, majoritariamente, entendeu que não poderia ser impedida de totalizar a votação no estado por causa de atas que nem mesmo estão sob a análise da instância. 

Diante da decisão da maioria da COE de manter os procedimentos acordados, estas chapas 
se retiraram da apuração. O secretário de organização do PT Bahia se retirou do processo 
levando o funcionário do Partido responsável pela SORG, bem como impediu o acesso à
secretaria de organização.

A COE sustenta a manutenção das regras e das deliberações. Não há razão para suspender 
o processo estadual. Garantir a totalização dos votos na Bahia sem prejuízo aos processos 
municipais é uma obrigação da COE.

O PT tem regras claras que garantem a todos os filiados e as filiadas o direito de
recursarem instancias superiores quando se sentirem prejudicados. Por isso a Comissão 
Organizadora Estadual dará continuidade ao processo de apuração e deliberará 
oportunamente sobre todos os casos de pleitos municipais recursados ou com irregularidades.
Convocamos os dirigentes e dirigentas do PT-BA a dar prosseguimento aos trabalhos de 
totalização estadual. Este é o momento de assegurar o bom andamento dos processos 
relativos ao VI Congresso na Bahia.
Comissão Organizadora Eleitoral - PT BA Salvador, 10 de abril de 2017.
Ademário Costa
Aluã do Carmos
Amanda Cunha
Daniella Araújo
Elen Coutinho 
Herbert Florence
Joanna Parolli
Osmar Galdino.

Nenhum comentário: