14.4.21

Agricultores familiares de Sento Sé comercializam cerca de 12 toneladas de alimentos para o PAA emergencial



No município baiano de Sento Sé, localizado no território de identidade Sertão do São Francisco, dezenas de famílias agricultoras estão conseguindo escoar a produção por meio do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA). Já foram entregues, por meio do PAA, cerca de 12 toneladas de alimentos, divididas em quatro entregas, duas realizadas nos últimos dias 5 e 6 deste mês e duas em março.

Os agricultores e agricultoras são acompanhados pelo Pró-Semiárido, projeto executado pela Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR) empresa pública vinculada à Secretaria de Desenvolvimento Rural e cofinanciado pelo Fundo Internacional de Desenvolvimento Agrícola (Fida). No município, as ações do projeto contam com o apoio do Instituto Regional da Pequena Agropecuária Apropriada (Irpaa).

As entregas estão sendo feitas no Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) do município e viabilizadas por meio do PAA emergencial. Estão previstas mais três entregas até o mês de junho. Em cada uma delas devem ser comercializados em média 3.000 quilos de alimentos, entre frutas, hortaliças, farinhas, grãos e tubérculos. É uma das ações resultantes do trabalho do Pró-Semiárido, que proporciona o Assessoramento Técnico Contínuo (ATC), pelo qual as famílias têm sido orientadas a fazerem escalonamento de produção para a garantia da entrega dos produtos.

“Nós temos o compromisso de ajudar os agricultores, as agricultoras, tanto na parte produtiva, como na parte social. Com isso, foi realizada esta importante ação de venda de produtos da agricultura familiar para o programa do PAA no município. Nós, como colaboradores, temos o compromisso de animar as famílias para produzirem e comercializarem seus produtos, que é o meio de sustento destas famílias”, afirma Domingos da Silva, colaborador da equipe técnica do Irpaa, que atua pelo projeto Pró-Semiárido no município.

Os alimentos comercializados para o PAA são distribuídos para famílias carentes do município. A ação gera renda para as famílias agricultoras e garante a segurança alimentar de centenas de famílias, que estão em situação de vulnerabilidade, sobretudo neste momento, em que a população enfrenta a crise causada pela pandemia da covid 19.

 

Nenhum comentário: