20.5.20

Seminário debate desafios e oportunidades de mercado de empreendimentos da agricultura familiar


Representantes de associações e cooperativas da agricultura familiar da Bahia participaram, nesta terça-feira (19), do seminário Desafios e Oportunidades de Mercado, para dialogar sobre alternativas durante a pandemia do novo Coronavírus. O evento, realizado por meio de plataforma virtual, foi promovido pelo Governo do Estado, por meio do Bahia Produtiva, projeto da Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional, empresa pública vinculada à Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR).

A programação contou com a apresentação do cenário atual de mercado, pelo consultor do Bahia Produtiva,  Arnoldo Campos, e de relatos de cooperativas sobre acesso a mercado nesta época de pandemia, a exemplo da Cooperativa de Produtores Rurais de Presidente Tancredo Neves (Coopatan), da Cooperativa de Agropecuária Familiar de Canudos, Uauá e Curaçá (Coopercuc) e da Cooperativas e Produtores de Caprinos e Ovinos da Bahia (FrigBahia).


Também foi realizada uma palestra sobre oportunidades para as organizações produtivas como ferramentas e alternativas para ampliação de mercado, proferida pelo especialista em mercado do Bahia Produtiva, Aldir Parisi, e sobre as ferramentas do projeto que estão sendo trabalhadas, pelo representante do setor de Inteligência e Mercado, Ivan Fontes.

O diretor-presidente da CAR, Wilson Dias, destacou que o seminário teve a finalidade de manter a relação com empreendimentos da agricultura familiar e anunciou novas ações da empresa: “Na próxima semana, vamos anunciar uma adequação do Parceria Mais Forte, o Parceria Mais Forte Juntos para Alimentar a Bahia. A população não parou de comer e estamos trabalhando com alternativas para seguir promovendo a alimentação saudável para toda população. Também vamos lançar novo edital para que agricultores possam desenvolver sua produção, além de ações de combate à pandemia”.

O seminário contou com mais de 150 participantes, entre representantes de associações e cooperativas da agricultura familiar, além de técnicos e gestores da CAR, de todos os Territórios de Identidade da Bahia.

Para o presidente da Cooperativa de Cafés Especiais e Agropecuária de Piatã (Coopiatã), Rodolfo Moreno, o seminário foi uma ação de conexão, que trouxe os desafios e as oportunidades do mercado: “Pudemos discutir com outras cooperativas como elas estão trabalhando diante a pandemia. Também trouxe à tona um jeito que deu certo de se fazer eventos, como este seminário, e que pode trazer grande economia com viagens. Foi muito importante ouvir de especialistas estratégias atuais para manter as vendas e superar as dificuldades deste momento de queda das receitas. Que tenhamos outros seminários e oficinas nesta modalidade”.

Nenhum comentário: