11.5.20

Gravado no Vale do São Francisco e eleito melhor curta de terror em festival de cinema do RJ, “Necropolis” já está disponível na internet



Eleito como “melhor curta de terror” em um importante festival nacional de cinema da cidade de São Gonçalo/RJ, “Necropolis”, curta-metragem de zumbis produzido e gravado na região do Vale do São Francisco, já está disponível na internet. O filme do coletivo de audiovisual NU7 Produções já foi selecionado para cerca de 20 festivais de cinema e arte de todas as regiões do Brasil.

O filme narra a história de Milena, única sobrevivente de um ambiente devastado por uma infecção causada por um fungo. Em meio a um mundo caótico com uma horda desumanizada, Milena precisa superar desafios e renúncias para continuar trilhando a sua jornada, onde a luta pela vida é diária.


“Quando comecei a idealizar Necropolis, sempre quis que a trama fosse globalizada e que o semiárido nordestino fosse o centro da narração. Roteirizar um filme de terror é um desafio, pois tratar de crise sanitária, isolamento e medo, pode soar premonitório. A ambientação foi pensada para ser verossímil com realidade. No meio disso tudo, Milena surge representando a ancestralidade nordestina, reforçando a força do povo sertanejo. Esses elementos reafirmaram a força impulsionadora para torná-la uma sobrevivente nesse mundo pós-apocalíptico”, diz Ítalo Oliveira, diretor e roteirista do filme.

Necropolis, em menos de um ano após seu pré-lançamento, realizado em março de 2019 em Petrolina-PE, foi selecionado para cerca de 20 festivais de cinema e arte em todas as regiões do nordeste. Entre eles destaca-se o IV Festival POE de Cinema Fantástico do Vale do Paraíba (São José dos Campos/SP); 9º Cinefantasy - Festival Internacional de Cinema (São Paulo/SP); IV Cine Tamoio - Festival de Cinema de São Gonçalo (São Gonçalo/RJ), onde venceu como “melhor curta de terror”; e o I Festival de Cinema do Vale do Pindaré (Santa Inês/MA), onde conquistou prêmios nas categorias de “melhor direção” e “melhor imagem”.

Cinema em casa

Esse é o sexto filme da NU7 Produções disponibilizado na internet. A iniciativa do Coletivo de Audiovisual visa contribuir para o entretenimento do público, que, devido às políticas de isolamento social, diante do cenário de pandemia por causa da covid-19, está com opções de lazer restritas. “A Conversa que não tivemos”, “Matinal”, “Adentro”, “Coração Noturno” e “Encomenda” também já estão disponíveis na internet.

NU7

A Nu7 é coletivo audiovisual que surgiu com o intuito de fazer cinema no Vale do São Francisco, para fomentar esse tipo de produção na região. Criada em 2015, possui seis filmes produzidos, sendo que alguns já foram exibidos em importantes eventos de cinema, em âmbito regional, nacional e internacional. Foi responsável por produzir e roteirizar videoclipes musicais de artistas da região do Vale do São Francisco, a exemplo de Andrezza Santos, Tio Zé Bá e Made In Quebrada, e também diversas peças comerciais de eventos culturais da região do Vale do São Francisco.

Nenhum comentário: