28.5.20

Tá na internet: Bonner ajudou a eleição de um facista (Por Malu Aires)


Esse texto de Malu Aires fala por muitos de nós aqui:

"Bonner rompeu com o tecido democrático brasileiro. 

Ajudou a eleger um bandido, "herói do combate do crime organizado". 

Bonner mentiu. 

Bonner perseguiu os filhos de Lula, implacavelmente. Perseguiu  Lula por helicóptero.

Bonner chora hoje, mas já riu muito, até outro dia. 


A satisfação de anunciar a vitória do fascismo, foi historicamente comparada à cara azeda de nó nas tripas, quando anunciou a vitória de Dilma.

Foi na emissora que Bonner trabalha, que o ódio aos nordestinos ganhou voz no Manhattan Connection. Queriam derrubar Dilma da bicicleta e contrataram Janaina. 

Bonner anunciou cada "reforma" de Guedes, como se fosse um filho. Carona de pai orgulhoso do golpe que deu e que rouba até aposentadoria dos velhos. Esses que ele arma a sobrancelha para contar em "recordes" do covid.

A Globo se ancorou em Moro e foi perseguir Lula. Fez escândalo por pedalinhos, quando se descobriu que os Marinho "tinham" uma ilha e uma aeronave registradas numa empresa do Panamá. 
Lula foi sentenciado por Bonner que, o tempo todo, como cidadão, sabia que o juiz era ladrão, cometia crime de segurança nacional e que o juiz vendia sentença pro Mercado.

Bonner é um pai de família que faz o que o Mercado manda e entendia bem o lado do juiz ladrão. 

Bonner perguntou da onde vem o ódio. Da mídia, oras. 

Bonner explica que ele é um "cidadão de bem" acima dos verde-amarelos que ele já chamou de "brasileiros". 

Que os "cidadãos de bem" se resolvam. Essa história de "quem é mais brasileiro que quem", iria mesmo acabar na pistolagem. 

Bonner, como Regina, tem medo de petistas.

Pra ele, pra cabecinha de menino dele, o Brasil se polarizou do nada. O ódio à política e a naturalização da violência, apareceu espontaneamente. Não teve "dannonimous", não teve "foraTodos" e não teve apoio milionário e cobertura, pra artificial aglomeração de perdidos da Copa, de verde-amarelo, gritando pela demolição da democracia brasileira.
O "povo Padrão FIFA" ameaça Bonner. 

Os "cidadãos de bem" estão de mal. 

Um oficial rouba os documentos do filho do Bonner, durante acidente em 2019. 

Bonner sabe que tá falando com a milícia. Mas insiste em colocar no mesmo balaio, os brasileiros que ele e a emissora dele prejudicaram com o golpe e os pistoleiros que o ameaçam de morte.

Bonner trabalhou com eles, com Moro lá dentro, Regina, Alexandre Garcia, até mês passado. 

Bonner é pior ator que Jair. O ódio midiático contaminou a sociedade, Bonner jura que não é com ele. Ele colhe os frutos que plantou, com sua fala sonsa, sua sobrancelha cínica. 

Bonner está gastando uma grana com justiça pra provar que o filho não é estelionatário. Bonner fez da vida familiar de Lula, um pesadelo. 

Sem um tostão roubado, Lula pagou 580 dias de liberdade. Pagou a morte da esposa Marisa, perdeu o enterro do irmão, foi tradado como bandido no enterro do neto. 

As não-lágrimas de choro de Bonner não o vitimizaram. Tentaram, mais uma vez, criminalizar as vítimas de Bonner e da Rede Golpes.

Bonner que seja sincero com a turma do Jair. Parceiros desde a farsa da "fakada", Jair e seu bando estão sendo muito ingratos com a Globo.  

Bonner queria o respeito que ele não dá ao Brasil, nem ao povo brasileiro. Depois de entregar o Brasil ao golpe, esperar a morte dos adversários políticos do patrão com ponto na orelha, ele gostaria que as vítimas dele o defendessem. 

Bonner escolheu o lado errado da História e a História é implacável com quem comete esse crime. 

Bonner está prestes a encerrar sua carreira. Se prepara pro papel de vítima - "uma vítima da polarização". 

Vamos ver se ele passa no teste do sofá do Jair."

Por: Malu Aires.

Tá na internet.

Nenhum comentário: