17.1.18

Criado o comitê em defesa da democracia e de Lula em Paulo Afonso na Bahia.

Ontem, 16, se reuniram na sede do SINERGIA – Sindicato dos Eletricitários do Estado da Bahia, na cidade de Paulo Afonso diversas entidades civis. Durante o encontro foi lançado o Comitê Popular em Defesa da Democracia e pelo direito de Lula ser candidato em 2018.
A adesão a causa mostra a importância que as entidades estão dando para a atual situação em que o Brasil se encontra. A defesa da democracia e a garantia de que Luiz Inácio Lula da Silva tenha um julgamento justo e que seja garantida a sua candidatura a Presidente este ano é fundamental para que o país retome o caminho de onde nunca deferia ter saído, a Democracia.

Defender o retorno à Democracia é defender que qualquer cidadão não possa ser excluído do pleito eleitoral sob qualquer pretexto criado em gabinetes de juízes e procuradores que estão dissociados da realidade brasileira. A justiça deve ser pautada pelas leis vigentes no país. Ela não pode ser mudada para beneficiar ou prejudicar pessoas. Por isso, a criação do Comitê cumpre o papel de defender o estado de direito de todos os cidadãos.


No encontro estiveram presentes as entidades SINERGIA, Carlos Roberto dos Santos, PT – Partido dos Trabalhadores, Sergio Ricardo Lima Bezerra, MST – Movimento dos Trabalhadores Sem Terras, Reinam Manoel da Cruz, SINTRAF - Sindicato Regional dos Trabalhadores na Agricultura Familiar, Ademar Fagundes, APLB - Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Estado da Bahia, Humberto Alves Júnior, Aghenda - Assessoria e Gestão em Estudos da Natureza, Desenvolvimento Humano e Agroecologia, Maciel Silva, SINDPEC - Sindicato dos Empregados em Empresas de Assessoramento, Perícias, Informações e Pesquisas no Estado da Bahia, Cícero Bezerra, Movimentos Populares, Eleno dos Santos Ferreira, Comerciários, Adalto Alves, Sindicato dos Vigilantes, Moises de Jesus, Índios da Tribo Traka Tupã e índios da Tribo Xocó.- 

Nenhum comentário: