12.4.17

Polícia Civil apreende três pistolas na residência de empresário no Mosqueiro.

Fato ocorreu após empresário ameaçar, com uma arma de fogo, oficial de justiça no dia anterior

No início da manhã desta quarta-feira, 12, uma operação deflagrada pelos policiais civis da Delegacia de Turismo (Detur), em apoio de agentes do Grupo Especial de Repressão e Busca (GERB), resultou na prisão do empresário Adilson Silva, suspeito de tentar contra a vida de um oficial de justiça. Com ele, foram apreendidas três pistolas calibre 380 e mais de 35 munições.
Segundo o delegado Abelardo Inácio, o fato ocorreu após as equipes da Detur receberem informações, no dia de ontem, de um oficial de justiça, que Adilson teria tentado contra a vida dele ao tentar cumprir uma intimação na residência do empresário, localizada em um condomínio fechado no Mosqueiro.
"Após o oficial de justiça tentar intimar judicialmente Adilson, este o teria ameaçado com uma arma de fogo. Diante da situação, o oficial de justiça acabou fugindo, mas foi perseguido pelo empresário até as proximidades da Praia de Atalaia. Adilson ainda conseguiu alcançar o oficial e chegou a disparar contra ele, mas a munição acabou falhando, e felizmente não feriu o oficial de justiça", explicou o delegado.
Após a notificação do crime, e de posse de um mandado de busca e apreensão expedido pela justiça, as equipes da Detur e GERB seguiram em diligências até a residência do empresário no início da manhã de hoje, flagrando com ele três pistolas calibre 380 e 40 munições.

Ante o exposto e diante do flagrante, Adilson foi levado à delegacia e lá autuado por tentativa de homicídio e porte ilegal de arma de fogo.

Nenhum comentário: