8.2.12

PT da Bahia divulga nota pública sobre a greve da Polícia Militar em Salvador.

Executiva Estadual pede firmeza, serenidade e diálogo na condução do impasse vivido na capital baiana.
NOTA PÚBLICA

FIRMEZA, SERENIDADE E DIÁLOGO

Nos impasses, o caminho é a negociação, pois é aí que afirma-se o poder da autoridade democrática e a discussão franca sobre os direitos e responsabilidades das partes envolvidas sem a sucumbência da ordem institucional à intimidação e à pressão.

É legitimo que qualquer trabalhador reivindique melhoria das suas condições de trabalho, e nosso partido sempre defendeu as lutas e mobilizações dos trabalhadores, inclusive na área de segurança pública e na defesa da ampliação dos direitos da cidadania. Entendemos ser imperativa a discussão e solução das condições salariais e das questões de trabalho, dentro dos limites legais de organização dos trabalhadores policiais militares; negociando as possibilidades e restrições orçamentárias do Estado e acima de tudo garantir a volta à normalidade das atividades policiais oferecendo a segurança da sociedade.

As questões referentes de abuso de autoridade, incitação à violência, intimidação pública armada e apropriação de bens públicos, veículos e armas, para fins ilegais, verificadas no movimento dos policiais, atos com os quais não podemos compactuar, deverão ser apurados os fatos, identificados os responsáveis e adotados os procedimentos legais previstos, e já adotados pelo Ministério Público e o Poder Judiciário.

O caminho sempre foi a negociação e o momento é da intensificação do diálogo para o restabelecimento da paz social e a salvaguarda das conquistas democráticas e do Estado de Direito.

Executiva Estadual do PT
Jonas Paulo - Presidente

Nenhum comentário: