8.7.20

Recesso parlamentar na Câmara de vereadores de Paulo Afonso é uma excrescência



Quando surgiu a notícia de que os vereadores de Paulo Afonso na Bahia entrariam em recesso parlamentar, houve uma chiadeira muito grande na imprensa local e em grupos de bate papo na internet. Foi o reflexo da população a mais uma ação despropositada do parlamento.

Enquanto a cidade vive momentos de confinamento, e isto se aplica até mesmo aos vereadores. Enquanto os comerciantes tem seus estabelecimentos fechados, gerando prejuízo a todos, mas que é essencial para a não propagação do vírus. Os vereadores da cidade tiveram meses sem nenhuma atividade parlamentar. E só após cobrados de que tinham que atuar para ajudar, eles começaram a participar de sessões virtuais. Aquelas que são transmitidas pela internet.

Fecha comércio, abre comércio, fecha tudo, abre tudo na cidade.

A população vive dias de sacrifício. E os parlamentares que já não vinham fazendo quase nada, tiveram a bonificação de que nada devem fazer e entraram em férias.

Aproveitando a sessão que votou a Lei de Diretrizes Orçamentárias, foi anunciado o famigerado recesso.

É bem verdade que os vereadores de oposição ao governo municipal foram contra o recesso, mas a maioria deles optou por tirar férias. E isto ocorre em pleno pico de pandemia na cidade.

Mas foi o vereador Marcondes Francisco, ligado ao prefeito Luiz de Deus, que se mostrou contra a propositura da oposição e pediu que seguissem o trâmite normal por se tratar de uma sessão extraordinária.

E foi assim que, agora, os edis estão de férias, gozando seus dias de descanso enquanto comerciantes, trabalhadores em geral e a população continua lutando contra o coronavírus, cada um de seu jeito. Uns com o comércio aberto parcialmente, outros prestando serviços que podem ser exercidos e a maior parte da população em confinamento sem poder sair de dentro de suas casas. Mas os vereadores de Paulo Afonso, estão em férias.

Pois é amigo, amiga, a notícia parece ser de outro mundo, mas acontece na cidade de Paulo Afonso na Bahia.

E enquanto parte da população não se conscientizar e buscar informações dos nomes de cada vereador de sua cidade e o que cada um faz no exercício dos seus mandatos, não poderá votar bem nas eleições.

Se temos vereadores que mesmo vendo a população fazer sacrifício, preferem tirar férias, é porque eles foram votados, eleições após eleições. E sabe-se lá de que forma cada um desses consegue se reeleger.

Nenhum comentário: