Dimas Roque: Cultura e Nazismo

17.1.20

Cultura e Nazismo


Nos associamos às manifestações de todos os democratas brasileiros e, de modo especial, à Confederação Israelita do Brasil (Conib) que considera inaceitável o uso de discurso nazista pelo secretário da Cultura do governo Bolsonaro, Roberto Alvim.

A alusão a um texto do ministro da Propaganda nazista de Hitler, Joseph Goebbels, e outras manifestações neofascistas dos integrantes do Governo Bolsonaro demonstram o quanto a democracia é artigo abandonado hoje no país.


Para a Conib, "estimular a visão do ministro da Propaganda nazista de Hitler, é um sinal assustador da sua visão de cultura, que deve ser combatida e contida."

Portanto, este Governo não tem outra saída que não seja demitir, imediatamente, essa pessoa do comando a cultura do nosso país. Mesmo sabendo que este não é fato isolado desse governo de extrema direita que vimos combatendo, entendemos que, neste momento, essa atitude se faz urgente.

A sociedade brasileira não vai aceitar de braços cruzados a deterioração da nossa democracia.

Sigamos lutando!

Por: Deputado federal João Daniel, presidente do Diretório Estadual do PT/SE e vice-líder da Oposição na Câmara dos Deputados.

Nenhum comentário: