22.4.21

FLISBA promove “CURSO LIVRE: Linhas e Entrelinhas na Carta de Caminha” com inscrições gratuitas


O Coletivo Flisba vai promover o “CURSO LIVRE: Linhas e Entrelinhas na Carta de Caminha” entre os dias 22 e 25 de abril de 2021. A atividade visa discutir a importância da Carta de Pero Vaz de Caminha sob uma ótica interdisciplinar, bem como refletir sobre o documento e seu potencial para a compreensão da atualidade brasileira.

A Carta de Pero Vaz de Caminha, certidão de nascimento do Brasil, mesmo depois de 521 anos de escrita continua atual e sendo uma referência histórica, literária e socioeconômica.

O curso é gratuito e as pessoas podem fazer suas inscriçõespelo Sympla. O evento será virtual pela plataforma Zoom e os inscritos vão receber link para a participação. O curso também será transmitido pelo Canal do Flisba no Youtube. Os participantes presentes nas sessões serão certificados com carga horária de 10 horas.

O curso será realizado em quatro dias e terá início sempre às 20 horas. No dia 22/04 , o tema do curso será sobre a "Propaganda e Sexo na Carta de Pêro Vaz" ministrado pelo professor Ramayana Vargens e mediação Luh Oliveira; no segundo dia, 23/04, a abordagem será sobre "A Carta de Caminha - entre a História e outras Linguagens" com exposição da professora Tica Simões e do professor Marcelo Dias. A mediação desse dia será realizada por Igor Luiz.

No terceiro dia, 24/04 , o debate vai girar em torno "Da Carta de Caminha às Redes Sociais" , com exposição do professor Ruy Póvoas e a mediação de Silmara Oliveira. Por fim, no dia 25/04 , o tema será "O direito à terra e as questões ambientais", cuja abordagem será feita por Kâhu Pataxó e a mediação Efson Lima.

A importância do estudo sobre a Carta de Caminha pode ser constatado pelas reflexões do professor de literatura Ramayana Vargens, cujo documento “deixou marcas profundas na formação do povo brasileiro” analisa o membro da Academia de Letras de Ilhéus e um dos membros do Coletivo FLISBA.

O CURSO LIVRE: Linhas e Entrelinhas na Carta de Caminha” é uma homenagem especial ao Professor Henrique Campos Simões, presidente da comissão especial da Uesc encarregada das comemorações dos 500 anos do Descobrimento. O professor Henrique Simões foi estudioso sobre a Carta de Caminha e do início da colonização portuguesa no Brasil.

O Coletivo Flisba é responsável por organizar o Festival Literário Sul-Bahia e tem promovido diversos cursos, palestras e lives de cunho literário no sul do estado por meio das redes sociais, assim como tem feito reflexões sobre o patrimônio cultural e fomentado o acesso à leitura.

Nenhum comentário: