Dimas Roque: Tá na internet: 7.000 militares no INSS

16.1.20

Tá na internet: 7.000 militares no INSS


Governo diz que vai contratar 7.000 militares da reserva para atender os pedidos de aposentadoria no INSS, que estão encalhados por falta de funcionários no órgão e por ineficiência no sistema.

Essa decisão derruba vários "mitos" de uma só vez.

O primeiro "mito" que cai, com esse movimento, é o de que o Estado tem funcionários em excesso. Se tem, por que necessita da contratação de 7.000?


O segundo "mito" que desmorona é o de que esse governo contrata por "critérios técnicos", quando o serviço a ser executado exige conhecimento e treinamento próprios de servidores do INSS;

O terceiro "mito" que essa decisão do governo derruba é o de que "acabou a mamata". Ao contrário, acaba de convocar 7.000 mamadores parrudos para sugar o dinheiro do contribuinte, sem realizar concurso público. 

O quarto "mito" que a contratação dos milicos detona é o de que esse desgoverno não iria aparelhar o Estado.

É o governo do "Minto" derrubando todos os mitos.

*Tá na internet.

Nenhum comentário: