18.1.18

A Dama de Ferro da Alba.


Ao ser eleito como o novo presidente da ALBA – Assembleia Legislativa da Bahia, Ângelo Coronel interrompia um ciclo de cinco mandatos consecutivos do Deputado estadual Marcelo Nilo. Essa façanha ocorreu no início de 2017 e ele teve o apoio, tanto da oposição como da situação, sendo assim o candidato único.

Durante as articulações que o levaram a presidência da assembleia, Ângelo Coronel prometeu dar mais poder aos deputados estaduais.

Já eleito, o novo presidente tratou de “empossar” a sua esposa, Eleusa Coronel como a “resolve tudo” na casa legislativa. Dizem alguns deputados que, o marido é o presidente, mas quem manda mesmo é a esposa dele. Pois é comum irem ao gabinete do presidente e serem mandados, por ele, a procurar a Dama de Ferro da ALBA que tem até uma sala a sua disposição para atender, despachar e resolver tudo aquilo que achar pertinente.

Em setembro do ano passado, Eleusa recebeu da assembleia legislativa a comenda 2 de julho, a mais alta condecoração da Assembleia Legislativa da Bahia. Essa horária é dada as pessoas que tiveram e tem destaque na sociedade baiana. Médicos, artistas e políticos já foram agraciados com este título. Essa foi a primeira vez que se tem notícias que alguém recebeu o título por ser esposa de um parlamentar.

É de Eleusa a ideia do Instituto Assembleia de Carinho que se propõe a ser um trabalho em prol do voluntariado, da solidariedade e da humanização da política baiana e tem como lema “cuidar das pessoas é o nosso maior projeto”. Seu esposo, usou a tribuna da casa no dia do lançamento do programa tocado por ela e disse que, “humaniza a Assembleia, pois aqui não é apenas um local para se votar leis e todos os 63 deputados estão imbuídos em trabalhar pela melhoria das condições de vida dos baianos”. Para divulgar o trabalho foram colocados nas principais cidades do estado outdoor anunciando o programa.

Um deputado disse uma coisa interessante quanto ao trabalho desenvolvido pela esposa do presidente, “é ela quem resolve tudo lá”. E acrescentou que entre o funcionalismo da assembleia, tanto ela, que manda, e ele que manda ela mandar, o clima é de amor e carinho. Para eles, a aprovação, no ano passado, do novo Plano de Carreira, Cargos e Vencimentos Básicos era o que esperavam a muito tempo. Eles também receberam um “generoso” aumento salarial. Com esses mimos, é clara a satisfação. Atualmente o clima nos corredores e gabinetes da assembleia é de muita paz e nem os deputados estão dispostos quebrar isto. O gabinete da Eleusa é o confessionário onde até eles devem passar se quiserem que seus pleitos sejam aceitos.

Foto: Paulo Victor Nadal do Bahia Notícias.

Nenhum comentário: