31.10.17

Resistência Zé Dirceu - a militância aguerrida.


A nossa militância e todos nós da campanha Resistência Zé Dirceu quando defendemos uma causa, nos doamos de tal maneira que é impossível não transformar o cenário à nossa volta. Em tudo que atuamos buscamos a transformação, seja das instituições, seja da sociedade. E sempre que atuamos vemos, de alguma forma, algo mudar ao nosso redor.

Estamos vivendo o pior momento político da história do nosso país. Tudo foi planejado de tal forma que todos os dias sentimos as injustiças do golpe ferindo nossas almas. As perseguições a Zé Dirceu, a Lula, aos políticos de Esquerda e ao Partido dos Trabalhadores, deixam cada um de nós no nosso limite! Mas pouco a pouco resistimos e lutamos porque queremos, a todo custo, ver a justiça sendo feita sem seletividade.

Queremos um Brasil justo para Lula, para Zé Dirceu, para Vaccari, para Genoíno e para todo o povo brasileiro.

Por isso, resgatar a voz do nosso comandante Zé Dirceu é de suma importância no cenário que vivemos hoje.

Já dissemos que "lutar por Zé Dirceu é derrubar o golpe", da mesma forma que lutar por Lula, por Dilma ou em defesa do PT. 

Nos tornamos um movimento de resistência tão forte que fomos além. Hoje somos a Resistência Zé Dirceu, um movimento que, reconhecidamente, apoia todas as causas que lutam contra o golpe parlamentar jurídico midiático.

Principalmente, apoiando Lula e sua defesa, divulgando e sensibilizando a todos para participar da campanha de doações para as caravanas "Lula Pelo Brasil".

Todos nós, de alguma forma seremos protagonistas da mudança da história do nosso país.

Após essa entrevista no Cafezinho WC do Fernando Neto, um dos Coordenadores do Movimento, teremos muitas mais. Somos a Resistência Zé Dirceu e também precisamos mostrar porque estamos nessa luta.

É importante que participemos e gravamos nossos vídeos para contar ao Brasil o motivo de estarmos aqui.

Se você está participando da Resistência Zé Dirceu, busque opiniões, faça com que muito mais pessoas se envolvam na nossa luta por um Brasil mais justo.

Nenhum comentário: