14.3.13

Josias participa de ato que doa terreno a Univasf e adianta criação do curso de Medicina em Paulo Afonso.


O deputado federal Josias Gomes, do PT da Bahia, participou nesta quinta-feira, 14 do ato público que marcou a assinatura do termo de posse prévia do terreno doado pela Companhia Hidroelétrica do São Francisco (Chesf), na cidade de Paulo Afonso. O evento foi realizado no Loteamento Sal Torrado II, área doada à Univasf e que vai abrigar o sexto campus da instituição e o terceiro na Bahia, previsto para entrar em funcionamento em 2015, inicialmente com o curso de Medicina e oferta de 40 vagas anuais.
Na opinião do parlamentar baiano, “o ato de doação do terreno consolida a luta que estamos empreendendo há tanto tempo em favor da expansão da Univasf, juntamente com o companheiro e deputado estadual Paulo Rangel, o prefeito Anilton Bastos, o reitor Julianelli Toletino, os dirigentes da Chesf, e tantos outros companheiros e companheiras que lutaram em prol dessa conquista extraordinária para a sociedade de Paulo Afonso”.
A área doada à universidade mede cerca de 100.000m², e conforme cronograma estabelecido pela Univasf, o processo de licitação para seleção da empresa para execução das obras ocorrerá ainda este ano. Além de salas de aula, laboratórios, biblioteca e setores administrativos, o projeto concebe infraestrutura urbanística e paisagística, equipamentos de apoio que incluem centro de convivência e de serviços que serão oferecidos dentro do campus. Além dos recursos destinados às instalações físicas, inicialmente de R$ 14 milhões, também está pactuado com o MEC o provimento de 90 vagas para concurso público, visando à contratação de 60 docentes e 30 técnicos-administrativos de nível médio e superior.
Conforme o assessor especial da Reitoria, professor Edmilson dos Santos, que está à frente dos trabalhos de expansão da universidade, a implantação do segundo curso de Medicina da Univasf está em consonância com projeto do Ministério da Educação de reduzir o déficit de médicos, com incentivo à ampliação de vagas e cursos oferecidos pelas universidades federais, especialmente na região Nordeste, cuja carência destes profissionais é maior que no resto do país. O curso de Medicina já é oferecido pela instituição, em Petrolina (PE), no campus sede, desde 2004, ano que a Univasf iniciou suas atividades acadêmicas.
Para o reitor Julianeli Tolentino, a implantação do campus de Paulo Afonso é fruto de “um trabalho em parceria”. Ele ressalta o apoio recebido que avalia ter sido decisivo para a viabilização do projeto. “A nossa proposta foi entendida”, destaca Julianeli. “O apoio que estamos recebendo da Chesf para uma empreitada deste porte; a interlocução com a Prefeitura Municipal, Câmara de Vereadores e demais lideranças políticas possibilitaram esta ação, um sonho de tantas pessoas dessa região, e que deverá se consolidar muito em breve”, ressaltou.

Nenhum comentário: