Dimas Roque: UTI de Paulo Afonso: Governo do Estado está em dia com suas obrigações, diz Secretaria de Saúde do Estado

8.11.19

UTI de Paulo Afonso: Governo do Estado está em dia com suas obrigações, diz Secretaria de Saúde do Estado



Em sua página na rede social facebook, o vereador de Paulo Afonso Mário Galinho fez uma postagem do local onde está sendo construída a UTI – Unidade de Terapia Intensiva em parceria do Governo do Estado da Bahia e a Prefeitura de Paulo Afonso. Ele diz ser “lamentável” a situação em que estão as obras.

“Olá, pessoal! Ontem pela manhã estive nas obras de construção da nossa UTI. Fui até lá para fiscalizar o andamento da obra já que, em julho deste ano, o governador do estado esteve na nossa cidade e prometeu que voltaria em novembro para inaugurar os leitos de UTI. Já estamos no oitavo dia do mês e nem sinal de ficar pronta. Desde 2008 nosso povo espera por essa unidade, são 11 anos e, pelo visto, iremos entrar para o 12° ano. Lamentável!”, publicou Galinho.

O que ele não informou aos seus seguidores é que estava ali omitindo parte da verdade. Galinho fez cobrança ao governo do estado, mas não disse que, a construção da obra é de responsabilidade da prefeitura municipal. E por que essa omissão?

Para acabar com a dúvida, na manhã de hoje (08), o Blog enviou algumas perguntas ao vereador e a Sasab – Secretaria de Saúde do Estado da Bahia. Isto para levarmos a melhor informação a todos sobre a verdade da construção da UTI no Hospital Municipal de Paulo Afonso. (Ver ao final da matéria)

No dia 25 de setembro, o Blog esteve com o secretário municipal de saúde de Paulo Afonso, Guiarone Garibalde, e ele disse que as obras da UTI já estavam com 90% prontas e que os 10% que faltavam, era o “acabamento”. E informou “que até final de outubro deve estar sendo entregue o prédio todo da UTI para que o governo do estado equipe e a UTI já comece a funcionar”. Perguntado se havia uma previsão de data para a entrega, a resposta foi, “tudo caminha para novembro. A gente vai entregar o prédio. Nós vamos entregar. O prédio já tá todo encaminhado para isto. Só tá faltando a pintura que tá bem encaminhada. Então, entregando agora em outubro em novembro a gente espera que o governo do estado cumpra, como já está cumprindo a parte dele de equipar a UTI. Equipando a gente toca o barco”.

Dentro do governo municipal e, também, a impressão publica, é que Guiarone vem fazendo uma boa gestão na saúde. Ajustando a pasta ao seu estilo.

A Ascom – Assessoria de Comunicação da Sesab nos enviou a resposta:

“A Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab) informa que está rigorosamente em dia com o pagamento das parcelas referentes ao convênio com o município de Paulo Afonso a fim de implantar 10 leitos de UTI no Hospital Municipal. Cabe ressaltar que o convênio totaliza R$ 2.930.495,88 e as parcelas no valor de R$ 439.575,00 são liberadas mediante o avanço na execução da obra, que é de responsabilidade da prefeitura. Atualmente já foram pagas quatro de um total de seis parcelas, já estando programada a quinta, que será liberada a partir da comprovação do percentual mínimo de execução da obra.”

Mas por que Galinho omitiu a informação de que o governo do estado está cumprindo a sua parte no que foi pactuado entre Estado e Município? Ele tinha ou não há informação correta? Se não tinha, por que fez uma que não condiz com a verdade?

Não é de hoje que circula a informação de que o vereador baixou o tom de voz como opositor da atual administração municipal, isto porque ele seria amigo pessoal do secretário Guiarone, o que não é demérito e deve ser visto como louvável, já que nos tempos de agressão que se tornou a vida pública, ter amigos é importante. O que não se pode é o vereador fazer uma denúncia sem saber a informação correta, omitindo quem é a responsável por algum atraso, se houver, nas obras da UTI e levar seu público ao erro.

Pré-candidato a prefeito no próximo ano pelo Solidariedade, Galinho, como diz o jargão futebolístico, “está no jogo”, mas desde o mês de novembro que ele parece ter perdido o passo, depois de ser a voz mais forte da oposição a Luís de Deus nos últimos dois anos e onze meses. Primeiro atacou a pessoa do ex-prefeito Anilton Bastos e não o político. Com termos agressivos que chocou até quem já está acostumado com o embate na Câmara de Vereadores. Depois apareceu a notícia de que andou almoçando com o ex-prefeito Paulo de Deus, irmão do atual administrador da cidade, deixando seus apoiadores espantados. E ainda há a história de que ele teria pedido votos e votado no candidato e hoje presidente do Brasil, Jair Bolsonaro. Ele já negou isto em rádio, mas no meio político como um topo, não há uma só pessoa que acredite no desmentido.

A assessoria do vereador respondeu que, “Galinho convocou Guiarone dia 25 novembro”. Sem nenhuma outra informação importante para as perguntas que foram enviadas. Ainda perguntamos se essa era a resposta completa, fomos informados que “não”.

Ofício enviado ao Vereador Mário Galinho e a sua Assessoria:

De: Dimas Roque
Para: Vereador Mário Galinho
Assunto: postagem sobre a UTI no HMPA

Após fazer uma postagem.na rede social Facebook, onde faz críticas ao andamento das obras da UTI - Unidade de Terapia Intensiva, o vereador Maria Galinho em nenhum momento fez referência a participação da atual administração municipal.

Diante disso:

1 - o vereador sabe que o governo do Estado já repassou todo o valor a que ficou comprometido na execução da obra para o município?

2 - porquê ele não fez referência a secretaria de saúde municipal, que é a responsável pela execução da obra?

3 - que o governo do Estado só poderá, como está pactuado com o município, equipar a UTI após o término da obra que é de responsabilidade do município?

Fico no aguardo das respostas para que possamos levar ao público a informação.

Informo que a matéria falando sobre este assunto será publicada às 13h.

Atenciosamente,

Dimas Roque


Imagem: do facebok do Vereador Mário galinho.

Nenhum comentário: