Dimas Roque: Ministério Público de Sergipe pede nulidade absoluta da votação na Câmara de Canindé/Se que cassou o Prefeito Ednaldo da Farmácia

1.11.19

Ministério Público de Sergipe pede nulidade absoluta da votação na Câmara de Canindé/Se que cassou o Prefeito Ednaldo da Farmácia




Ontem, 31, o Ministério Público do Estado de Sergipe, solicitou a justiça que a sessão ocorrida na Câmara de Vereadores do Município que resultou na cassação do mandato do atual perfeito da cidade, Ednaldo da Farmácia, seja anulado.

No pedido, o promotor, Emerson Oliveira Andrade, pede a “nulidade absoluta no julgamento realizado pela Câmara Municipal de Vereadores”, que resultou no afastamento do prefeito.
O promotor alega “erro procedimental”, o que tornaria sem efeito o mencionado julgamento.
Entenda o caso

No dia 23 de setembro, a Câmara Municipal de Canindé do São Francisco/SE aprovou o impeachment do prefeito da cidade, Ednaldo Vieira, conhecido como Ednaldo da Farmácia. A votação foi de 10x0, pelo acatamento do parecer do relator.

Ednaldo foi acusado de acusado de fraude em compras e ausência de repasses de recursos dos servidores.

Nenhum comentário: