3.1.20

Tá na internet: o embargo Americano a Cuba é o culpado


Cuba vive em dificuldades não por causa que é socialista ou comunista, mas sim por causa do embargo econômico imposto ao país pelos EUA.

Com o embargo econômico, é proibido, por exemplo, a empresas exportarem para os Estados Unidos qualquer produto que contenha alguma matéria-prima cubana.

Da mesma forma, é vedada a venda a Cuba de bens ou serviços nos quais seja utilizada tecnologia estadunidense ou que precisem, na sua fabricação, produtos dessa procedência que excedam 10% do seu valor, ainda quando os seus proprietários sejam nacionais de outros países.


Os bancos não podem abrir contas em dólares norte-americanos a pessoas individuais ou jurídicas cubanas, ou que realizem qualquer transação financeira com entidades ou pessoas cubanas. Isso bloqueia totalmente Cuba de utilizar o dólar em suas transações de comércio exterior o que é muito importante a qualquer país.

As sanções limitam fortemente o comércio internacional de Cuba com o resto do mundo trazendo gigantescas dificuldades ao país. Turistas estadunidenses que consumam um cigarro ou um copo de rum cubano durante uma viagem ao exterior, na França, no Brasil ou no Japão, por exemplo, se arrisca a pagar multa e a até ser condenado.

Segundo relatório anual da ONU, realizado em 2005, o bloqueio causou, desde o seu início, um prejuízo superior a 89 bilhões de dólares para o país caribenho.

*Tá na internet.

Nenhum comentário: