Dimas Roque: Centros Públicos participam da 10ª edição da Feira Baiana da Agricultura Familiar e Economia Solidária

21.11.19

Centros Públicos participam da 10ª edição da Feira Baiana da Agricultura Familiar e Economia Solidária



A 10ª Feira Baiana da Agricultura Familiar e Economia Solidária (Febafes) acontecerá de 23 de novembro a 1º de dezembro, no Parque de Exposições de Salvador. O evento, promovido pelo Governo do Estado, conta com a participação de oito Centros Públicos de Economia Solidária (Cesols), ligados a Secretaria do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (Setre).

Durante a feira, empreendimentos solidários acompanhados pelos Cesols dos Territórios de Identidade Irecê, Sertão Produtivo, Sudoeste Baiano, Recôncavo, Piemonte Norte de Itapicuru, Sertão do São Francisco, Sisal e Baixo Sul vão expor e comercializar produtos. Entre os destaques estão cervejas artesanais (umbu, jerimum, licuri, maracujá da caatinga), iogurtes (café, umbu, abacaxi e licuri), cosméticos a base de mel, drinks de café, chopps (licuri, cupuaçu e mel de cacau) e barras de chocolate com pimenta.


“A participação dos Centros Públicos em eventos desse porte reafirma o papel da economia solidária como alternativa sustentável de geração de renda e promoção da autonomia dos empreendedores”, destaca o titular da Setre, Davidson Magalhães.

Nesta edição, a Febafes conta com 27 armazéns cenográficos, que trazem toda a riqueza genuinamente produzida por associações e cooperativas da agricultura familiar. A expectativa é reunir cerca de três mil produtos de 400 empreendimentos baianos.

A vasta programação conta ainda com a exposição fotográfica “Expoentes da Agricultura Familiar” e atividades como “Cozinha Show – Sabores e Saberes da Agricultura Familiar”, Feira de Artesanato e Tecnológica, Simpósio de Pesquisas, Balcão Tecnológico e seminários temáticos.

10ª Feira Baiana de Agricultura Familiar e Economia Solidária

Onde: Parque de Exposições de Salvador

Quando: 23 de novembro a 01 de dezembro - das 8h às 22h

Ingresso: R$10 reais (exceto crianças e idosos a partir de 60 anos).

Nenhum comentário: