9.1.18

BAHIA: DE TODOS OS SANTOS . (Por Leandro Fortes)

Na Bahia, uma médica matou dois irmãos atropelados, apenas porque se sentiu ultrajada no trânsito, em Salvador. Foi absolvida. 

Então, vocês achavam mesmo que a tal dentista (japonesa, loira...) que destratou os funcionários negros da delicatessen da Pituba iria mesmo continuar presa? 

A defesa alegou que o racismo de madame vem de um transtorno mental. Argumento sobre o qual ela deve estar, nesse momento, dando boas risadas, no consultório onde ainda trabalha, normalmente, atendendo pacientes que, não se enganem, devem estar rindo com ela.

O mais incrível dessa história é que madame não aceitou ser presa por policiais negros. 

E não foi!

Agora, imaginem vocês se, na periferia de Salvador, uma mulher negra dissesse,  numa abordagem policial,  que não iria aceitar ser presa por PMs brancos.

Estaríamos, até agora,  procurando o corpo dessa senhora.

Nenhum comentário: