26.10.16

“Calem a boca que nós já pagamos o bolsa família de vocês”.

Hoje, na câmara dos deputados a atriz Alexia Dechamps no auge das provocações saiu com uma das frases mais indignas que alguém poderia proferir contra a Nação Nordestina. Eu até entendo que foi no calor do momento que todos podemos cometer um erro que nos marcará para sempre. Mas também acredito que são nessas horas que expressamos nos piores sentimentos.
Como Nordestino já te perdoei um segundo antes de ouvir a heresia. Não me toca a agressão. Aliais, vindo de quem veio não pode ser considerado um ataque, mas sim um delírio passível de internação. Eu a vendo nas imagens, lembrei da sua fisionomia em novelas. Boa triz a garota! Mas resolvi pesquisar sobre os movimentos culturais, as ações sociais, o engajamento em defesa dos mais pobres, mas o que achei foi capa de revista PlayBoy. Que não precisa informar do que se trata. E, claro, a senhora Alexia deve dizer que são “fotos artísticas”. E quem sou eu para duvidar do que ela classifica como “cultura”.
Ao gritar, “Calem a boca que nós já pagamos o bolsa família de vocês”, a atriz mostra desconhecer o Programa de Distribuição de Renda que tirou milhões de Brasileiros da linha da pobreza. Programa elogiado por líderes mundiais, pela ONU – Organizações das Nações Unidas e principalmente por Barak Obama, antes de participar diretamente da derrubada de uma presidenta eleita em seu país. Mas isso a senhora Alexia deve desconhecer. Como não deve saber que o estado de São Paulo é um dos que tem o maior número de inscritos no Bolsa Família.

No mais, um longo abraço na senhora Alexia Dechamps de um nordestino, morador do sertão e se um dia passar por essas bandas, passe em casa para tomar um suco de umbu. Você vai gostar!

Atualizado:

A atriz nega que tenha dito a frase. E não há um vídeo mostrando ela falando, só a palavra do deputado que a acusou.

"Hoje as 14:00 hs na tv camara , a tv que passa politica , o Deputado Ricardo Izar que estava ao meu lado irá a plenario fazer minha defesa e vai dizer que jamais falei sobre o nordeste e pejorativamente sobre a bolsa familia . Tudo que disse foi na intençao de achar uma saida para o desemprego que a falta da vaquejada poderia causar ......Gosto demais de Alagoas ; amo o jeito de falar , e acho as pessoas muito queridas . Uma pena toda esta confusão . Juro nao queria estar passando por isto , mas as vezes defender animais tem um preço alto , ainda mais quando tem muito dinheiro envolvido . o video que rola mostrando discussao com o deputado em questao eu digo : " Me respeita porque eu sou mulher e mais velha que vc moleke , e ai ele responde : me respeite !! Todos estavam com os animos exaltados . O deputado Izar , vai dizer que em nenhum momento apareceu um video com a tal fala da bolsa familia porque nao tem . Nao existe essa fala da maneira pejorativa que foi relatada , Nao tive direito de resposta na hora porque nao sou parlamentar . Nao sou deputada . Estava atada para me defender e esclarecer ..... Nunca mais voltarei num lugar que fui tão destratada sem poder me defender . Me senti muito em desvantagem e humilhada e se aproveitaram desta situação . O Dep Ricardo Izar vai contar pra todos que fomos vitimas de preconceito , nós como mulheres e ativistas num plenario repleto de homens tumultuando a sessao . 90 homens , Onde nossa opiniao e defesa eram contrários à vontade da maioria . Ouvimos de tudo . Foi horrível .....".

Que esperemos os próximos capitulos. E que a verdade apareça.

CurtirMostrar mais reações

Nenhum comentário: