28.2.11


O Governo, Através da Eletronuclear, apresentará nos próximos dias cinco propostas para a instalação de 02 (duas) usinas nucleares no nordeste do Brasil. Uma delas deve mesmo ficar próxima ao Rio São Francisco e está sendo disputada por vários governadores.

O local é visto como o mais adequado no país por este sedimentada em uma área de calcário diferenciada no Brasil.

Como a decisão será política, os governadores da base de apoio do Governo Dilma estão em vantagem. A Bahia poderá levar vantagem nessa disputa já que vem perdendo varias disputas na região para os estados vizinhos. Mais uma derrota e Wagner poderão ser visto como o amigo do governo federal, mas sem força para conseguir grandes investimentos para seu estado. O que seria desastroso para ele.

Há uma proposta do governador Déda de Sergipe que a de que a usina seja construída nas divisas dos estados da Bahia, Sergipe e Alagoas e que geraria recursos a serem divididos pelos 03 (três).

É tempo de viver a folia. Mas por que não pensar também na organização da folia? No que acontece com as diversas camadas da população? No tipo de participação que o carnaval possibilita? Na utilização do espaço público? Sei que quando se toca no assunto, sempre há a reação: isso é papo dos conservadores, dos que não acompanham as inevitáveis mudanças. Mas quero ousar discutir, para além das reações. Ou até para que elas venham e a discussão se estabeleça, se é que se estabelecerá. Porque no mais das vezes o que se quer é o silêncio diante de assuntos explosivos. Especialmente quando o tema envolve negócios, e bons negócios.

Meu amigo Antonio Risério, há poucos dias, tratou da vida em condomínios. Da recusa da vida na cidade. Do apartheid que vai se estabelecendo sem que as pessoas se apercebam de que com isso o direito à cidade está sendo fraudado. Nessas pequenas comunidades isoladas, para citar apenas um aspecto, nossas crianças vão se formando sem a multiplicidade de convivências que o mundo urbano pode propiciar. A vizinhança se restringe àquelas poucas pessoas do meu condomínio. Risério tratou do assunto bem, e eu me intrometo de passagem para elogiar o tratamento que ele deu e para tratar de outra espécie de apartheid.

São vários os apartheids originados da organização do carnaval em Salvador nos últimos anos. Passa ano, vem ano e eles só se agravam. Discuto isso desde o início de 2000. Falo sempre dos cordeiros - que nome, hein? - submetidos a um regime de trabalho semi-escravo, negros convertidos em guardiães dos brancos bem nascidos protegidos por cordas, as cordas que eles sustentam, afastando a multidão ignara que os pressiona de fora. A multidão a que eles pertencem. Tem havido esforços para regulamentar a atividade, especialmente com a intervenção, nesse caso apropriada, do Ministério Público. Não muda, no entanto, o apartheid. De um lado a multidão de fora das cordas. De outro, os que pagam proteção e brincam no interior das cordas.

Muitos dos que brincam dentro das cordas nunca saem dali. Há turistas que chegam aos hotéis, embarcam nos ônibus, descem protegidos por seguranças, entram nas cordas, e dali voltam para suas camas, sem sequer interagir com Salvador, com a complexidade da cidade. Com esse tipo de organização do espaço, com privilégio para tais blocos, o chamado folião pipoca é obviamente marginalizado. Tem, mais do que nunca, que buscar seu espaço a cotoveladas, contra as cordas, contra a óbvia privatização do espaço que deveria ser de todos, e cada vez menos é de todos. Ainda bem que o governo do Estado tem dado força ao Programa Ouro Negro, valorizando os blocos de matriz africana.

A outra praga - me desculpem a expressão - é a dos camarotes. Outro óbvio apartheid. Aqui se pretende, quem sabe, organizar o carnaval espetáculo. Uma platéia seleta que vê o trio passar, e que bebe, e que come, e que paga, e paga alto, para fruir o espetáculo. E aqui há a clara, claríssima pretensão de distinguir-se da multidão, de não se misturar com o povo, de afastar-se dos odores, suores, transpirações, pega-pega das multidões, dos pobres que se embriagam metafórica ou verdadeiramente com a beleza do carnaval, mesmo que lhe tentem subtrair espaço de todas as maneiras. De certa maneira, que me desculpem novamente por essa outra expressão que pode parecer ofensiva, voltamos à famosa luta de classes.

Nada de misturas. Elas são inconvenientes. Os palácios se reproduzem em ambientes cinematográficos, devidamente aromatizados, a depender do gosto do freguês, o ar condicionado evitando ou minimizando o suor. E lá embaixo, sim, porque a multidão fica lá embaixo, os pobres pulam, e se divertem, e se envolvem numa alegria extraordinária, apesar de tudo, e ainda bem que seja assim, que tenhamos um povo com tanta capacidade para fruir a vida, mesmo que lhe roubem o espaço público, espaço que deveria ser inteiramente dele. Eu torço para que um dia no carnaval da Bahia as cordas sejam abolidas, as praças e as ruas sejam do povo, não haja embaixo e em cima, e que as multidões sejam as donas da cidade nos dias da festa.

Emiliano José.

Vai começar a brincadeira. Enquanto em outras cidades que fazem os festejos momescos e por tanto “se justificaria” o tal do ponto facultativo. Dias em que secretários, prefeitos e cargos comissionados não querem trabalhar e tem dinheiro para viajar, imploram ao administrador da cidade dizendo, “a população necessita”. Só não falam quem é “esse povo” todo.

Agora vão aparecer decretos para tudo quanto é lado na tentativa de justificar o injustificável.

Quer ver a maioria desse povo? Basta circular pelas cidades da região onde vai haver festejos de carnaval e para os mais endinheirados as belas praias da orla de Alagoas é boa dica.

Na manhã de ontem (27) aconteceu o encontro regional do PT - Partido dos Trabalhadores na cidade da Paulo Afonso/Ba. O evento teve como objetivo traçar os trabalhos a serem feitos pelo partido ate 2012 para que eles consigam ocupar o maior número de cadeiras possíveis nas câmaras de vereadores e terem, onde tiver condições, candidatos a prefeito ou vice-prefeito em chapa do campo das esquerdas.

Após as eleições esta foi a primeira iniciativa tomada pelos políticos do partido na região que reunião um grande numero de pessoas para o debate do futuro da legenda na região com a presença dos diretórios de Paulo Afonso, Rodelas, Glória e Jeremoabo.

O encontro também foi visto pelo Deputado Paulo Rangel como uma tentativa de retomada do processo de revitalização do partido em toda a região. Em um levantamento feito pelos próprios participantes se chegou a conclusão que o PT está bem representado na região com vários vereadores e vice-prefeito. O que estaria faltando, segundo se observou, é uma unidade entre todos para que não ocorra no futuro o que aconteceu nas últimas eleições quando detentores de mandato trabalharam para candidatos de outras legendas.

O evento aconteceu no Hotel Belvedere.

O FBAF amadureceu. Nesses cinco anos de construção de agenda comum em busca de uma realidade com menos fome e miséria no campo, avançamos. A nossa agenda teve como eixo o dialogo constante com o Governo Wagner e o Governo Lula. As parcerias surgiram, dosadas com níveis de dialogo e pressão. E neste ambiente, avançaram várias políticas para as famílias no campo. Mas de tudo o que foi feito, em função de que nada até então tinha sido feito, afora os esforços solitários e combativos das organizações e alguns funcionários públicos, abnegados, em alguns órgãos, o que se fez foi pouco diante do fosso histórico de ausência de políticas publicas, de ações concretas, de projetos conseqüentes. O caminho foi aberto por Lula e o Governo Dilma e Wagner deve ter compromisso com uma agenda de inclusão sócio-produtiva e erradicação da pobreza.

Somos co-responsáveis pelo destino que vão ter mulheres, homens e as próximas gerações. Queremos ser parceiros dos Governos. Mas não vamos nos furtar de ir para as ruas estabelecer a pressão necessária quando o caminho do diálogo mostrar-se obstruídos ou pouca efetividade.

Matéria completa aqui.

O aterro sanitário em Paulo Afonso está em fase de construção, obedecendo regras ambientais e normas aplicadas que em pouco tempo dará a nossa biodiversidade e aos nossos recursos naturais uma melhor respeitabilidade, pois nossas práticas com os resíduos sólidos que jogamos e transformamos em passivo ambiental, prejudicam o meio ambiente.

Um aterro sanitário hoje trás para qualquer comunidade ou região, diversos aspectos positivos depois de implantado e até depois de saturado.

Podemos ir mais adiante e pensar neste aterro daqui a 20 anos.

Os modelos de aterros sanitários poderão além de não comprometer o meio ambiente, gerar energia.

Como exemplo temos o aterro Sanitário Bandeirantes, localizado em Perus na região metropolitana de São Paulo. Ele está desativado e operou por 28 anos e recebeu carga de resíduos de aproximadamente e 36 milhões de toneladas de resíduos.

Hoje este aterro possui a capacidade de gerar aproximadamente 170 mil MWh de energia elétrica por ano e possibilitou, até então, a comercialização pela prefeitura de São Paulo de 1.262.793 RCE’s (Reduções Certificadas de Emissão), ou créditos de carbono, sendo que cada crédito corresponde a 1 tCOe (tonelada de carbono equivalente) que deixaram de ser lançados para a atmosfera. (Sites “JimNaturesa” e “Abril”) (COELHO, 2008).

Essas novas práticas ambientais estão colocando o Brasil num patamar satisfatório e respeitável perante as comunidades internacionais.

Não somos mais neófitos em matéria de ecologia, em Cancun no México o mundo aplaudiu os modelos implantados de responsabilidade ambiental e práticas de preservação a biodiversidade do Brasil.

Resta agora criarmos uma cultura de descarte dos resíduos sólidos e de consumo consciente para que haja redução de emissão de gases que prejudiquem nosso planeta.

Para tal, precisamos que toda sociedade tenham em mente essa cultura desde já, para que as futuras gerações não sofram com nossas ações e descaso com o meio ambiente.

Silvano Wanderley – Ambientalista/Pós Graduado em Gestão Empresarial.

25.2.11

Segundo cálculos e critérios do próprio governo do estado, os deputados Mário pai e filho, devem ocupar a maioria e os mais importantes cargos da região de Paulo Afonso.

Com base nos critérios apresentados pelo governo do estado, o PP – Partido Progressista, fará as cinco primeiras indicações, podendo assim escolher quais cargos quer ocupar em Paulo Afonso e só a partir daí é que o PT – Partido dos Trabalhadores fará a sua primeira indicação. Neste momento os dois partidos revezaram nas solicitações por indicações.

Nos critérios são observados o numero de votos na cidade e região aonde cada partido obteve os votos. E por terem obtido o maior número de votos é que os Mários estão com o privilegio nas indicações da base aliada ao governador Jaques Wagner na região de Paulo Afonso.

Veja lista dos cargos disponíveis em Paulo Afonso é Região:

SEAGRI

ADAB

Gerente do Escritório Local

DAS-3

LOCAL

SEDUR

EMBASA

GERENTE DE UNIDADE LOCAL

FG

LOCAL

SEAGRI

EBDA

CHEFE ESCRITÓRIO

LOCAL

SEAGRI

ADAB

Assistente Administrativo

DAÍ-5

LOCAL

SEDUR

EMBASA

GERENTE DE UNIDADE LOCAL

FG

LOCAL

SEC

DIREC

COORDENADORIA REGIONAL

DAS 2D

REGIONAL

SEAGRI

BAHIA PESCA

CHEFE DE UNIDADE A

REGIONAL

SEAGRI

ADAB

Assessor Administrativo

DAÍ-4

REGIONAL

SEAGRI

ADAB

Gerente Administrativo

DAS-3

REGIONAL

SEAGRI

ADAB

Gerente Técnico

DAS-3

REGIONAL

SEAGRI

ADAB

Coordenador Regional

DAS-2D

REGIONAL

SEAGRI

EBDA

SUBGERENTE

REGIONAL

SESAB

DIRES

DIRETOR REGIONAL

DAS 2D

REGIONAL

SEC

NTE

COORDENADOR III

DAS 3


A CRIE Copiadora e LanHouse, situada a Avenida Delmiro Gouveia 890, BTN 2 se tornou nesta sexta feira 25/02, a primeira lan house da cidade a receber o Selo de Ponto de Acesso SEBRAE internet.

Para se tornar Ponto de Acesso SEBRAE internet a Lan house precisa participar do Desafio Lan SEBRAE, no site da Rede de Informação e Orientação – Raio Brasil http://raiobrasil.com/ o desafio consiste de 12 etapas que incluem a formalização e a realização de cursos do SEBRAE. Esses cursos preparam as lan houses para o atendimento aos micro e pequenos empresários.

Leia a matéria completa aqui.

24.2.11

O ônibus da banda do cantor Reginho (foto) se envolveu em um acidente nesta quinta-feira (24), por volta das 2h30, na BR-110, próximo à cidade de Jeremoabo, na Bahia. De acordo com a Polícia Rodoviária Federal, das 27 pessoas que estavam no veículo, 16 ficaram feridas e o baixista Lenine Filho morreu.

Segundo informações de um dos vocalistas da banda, Kleber Lapada, o ônibus seguia do Rio de Janeiro para Recife. Por volta das 2h30, o motorista foi livrar de outro veículo que vinha na contramão e, para evitar a colisão, desviou para o canteiro e acabou capotando.

Kleber informou que a dançarina Márcia foi a que se feriu mais gravemente, com fratura exposta na perna. Ela foi levada para o hospital Nair Alves de Souza, em Paulo Afonso, onde também está Reginho, que não teve ferimentos graves, e mais três integrantes da banda. Todos aguardam por exames. Os demais feridos foram socorridos para o hospital de Jeremoabo.


Reginho ficou famoso com o hit "Minha mulher não deixa não", que primeiro fez sucesso no Youtube e depois conquistou a mídia tradicional brasileira.

23.2.11

No ano de 2008 o ex-prefeito Raimundo Caires realizou um concurso público para a prefeitura de Paulo Afonso na Bahia. O objetivo a época era fazer com que as vagas fossem preenchidas por funcionários de carreira e não mais por cabos eleitorais. Uma boa ação que só não foi colocada em pratica ate o momento porque o atual prefeito Anilton Bastos vem hora recorrendo de todas as decisões jurídicas favoráveis aos aprovados no concurso. Mesmo ele tendo dito, segundo Júnior um dos aprovados, que acataria qualquer decisão favorável aos aprovados, o que na realidade não aconteceu.

Leia a matéria completa aqui.

22.2.11


O deputado federal Emiliano José (PT-BA) recebeu de um grupo de caciques das Nações Pataxó e Tupinambá do Extremo Sul da Bahia cópia de documento enviado à presidente Dilma Rousseff denunciando "grave situação de descaso social nas áreas fundiárias, de educação, saúde e sustentabilidade dos povos indígenas" do Extremo Sul da Bahia. O mesmo documento foi entregue ao Secretário Nacional de Articulação Social da Presidência da República, Paulo Maldos.

O grupo foi liderado pelo presidente da Federação Indígena das Nações Pataxó e Tupinambá do Extremo Sul da Bahia (INPAT), Gerdion Santos do Nascimento, o "Aruã Pataxó". O grupo denuncia a morosidade da Fundação Nacional do Índio (FUNAI) e sustenta que isso tem trazido sérios problemas às comunidades indígenas da região. "Vários territórios estão sob liminar para retirada dos índios de áreas historicamente ocupadas pelos índios sem uma posição firme da FUNAI", afirmou Gerdion.
O PSOL Baiano tem um novo Vice Presidente Estadual, é o Franderrak Mascarenhas dos Santos, da cidade de Santo Antônio de Jesus. Franderrak foi candidato a prefeito em Santo Antônio de Jesus em 2008 e a Deputado Federal em 2010, fazendo uma campanha combativa e expondo as idéias do Partido. Franderrak, assumi a Vice Presidência do Partido após o Luis Carlos França, ex-candidato a Senado Pelo PSOL Baiano, ter voltado as suas origens (PT), o que causou imensa indignação dos seus ex-correligionários já que o mesmo sequer havia dialogado sobre suposta desfiliação ao PSOL após ter representado o Partido saindo candidato ao Senado. A sua desfiliação nada mais é do que a degeneração política que o mesmo vem tendo nos últimos tempos. Franderrak assumi a Vice Presidência e conta com o apoio incondicional do Secretário Geral do PSOL Bahia, Ronaldo Santos e do 1 Vice Presidente; Hilton Coelho e de todos os militantes e dirigentes do PSOL Baiano.

21.2.11

O prefeito do município de Chorrochó, Humberto Gomes Ramos, deve ser imediatamente afastado do cargo. A determinação foi dada pelo juiz Antônio Henrique da Silva, que atendeu pedido liminar formulado pelo Ministério Público estadual em ação cautelar proposta pelo promotor de Justiça Alex Santana Neves. Além do prefeito, também serão afastados os servidores públicos municipais Tereza Cristina Lima de Sá Cruz e Walney Elpídio da Silva. De acordo com a decisão judicial, eles ficarão afastados até o final do processo instaurado pelo MP para apurar irregularidades identificadas na prestação de contas de recursos municipais, dentre as quais a alteração ilícita de processos de pagamento e destruição de provas. Nesse período, o vice-prefeito do município deve assumir o cargo.

Na ação que pediu o afastamento do prefeito, o promotor de Justiça Alex Neves explica que, em maio de 2010, um vereador noticiou ao MP que, após análise nos documentos de despesas do exercício financeiro de 2009 feitas pelo Município à 22ª Inspetoria de Controle Externo/Paulo Afonso do Tribunal de Contas dos Municípios (TCM), constatou inúmeras irregularidades, dentre as quais um contrato de locação de veículo tipo caminhonete celebrado com Celestino Pires do Nascimento – falecido desde 04 de setembro de 2005 – com recibo de pagamento assinado por ele em 07 de janeiro de 2009. Um outro contrato apontava a locação de veículo tipo motocicleta com Antônio Carlos dos Santos Nery, com recibo de pagamento datado de 13 de janeiro de 2009. Ocorre que, neste caso, o contratado afirmou nunca ter firmado o referido contrato.

Leia a matéria completa aqui.
O Senai Nead está recrutando pessoal para poder trabalhar em mais um projeto, então caso conheçam alguém que se interesse, ou caso vocês se interessarem, é só se cadastrar nestes sites que fazem o recrutamento e BOA SORTE!!!
Novas vagas:
· 1 Cineasta · 1 Interprete LIBRAS · 1 Programador PHP · 2 Roteiristas
· 1 Analista de Sistemas · 1 Pedagoga · 1 Conteudista · 1 Design Gráfico Empresas que recrutam para o SENAI (necessário cadastro no site):
http://www.metodorh-ba.com.br/
http://www.rhecia.com.br/
http://www.tradicao.com.br/

Contatos:
Grande Loja Maçônica do Estado da Bahia Rua Carlos Gomes, 108 - Ed. Maçônico - 6º andar
40060-330 - Salvador - BA - 71 3503-3994 www.gleb.org.br/ gleb@gleb.org.br Magali Ferreira.
O ex-governador e ex-ministro Waldir Pires foi homenageado no dia 18/2 durante evento realizado na Câmara de Vereadores de Santo Amaro da Purificação (BA), quando foram comemorados também os 31 anos do Partido dos Trabalhadores. Waldir recebeu o título de "Cidadão da Democracia".

O deputado federal Emiliano José (PT) disse que é muito especial homenagear uma das "maiores figuras da política brasileira". "Estamos reconhecendo a trajetória de luta de Waldir, que começou desde o movimento estudantil. A contribuição dele para o PT é extraordinária". Leia mais.
Nos últimos anos a atual Diretoria da Chesf confundio controle gerencial com centralização, fazendo com que, coisas simples como consertar um computador tenha que passar por Recife, além disso, caminhou na contramão das grandes empresas que controlam os processos gerenciais e descentralizam as decisões para dar agilidade na execução dos macros processos.

Por outro lado, há uma decisão gerencial que penaliza os investimentos em educação, pesquisa, lazer e cultura nos demais estados do Nordeste. Quando o Governador de Sergipe diz: "Creio que a Chesf cumpre um papel fundamental, faço uma avaliação muito positiva. Agora, ela precisa de um maior engajamento no cotidiano da região. A gente sente a ausência da Chesf na rotina e no cotidiano (nordestino).", na verdade está ausência só não é sentida no Estado de Pernambuco, o que vem coroborar com o que sempre dissemos: A CHESF É EXTREMAMENTE CENTRALIZADORA E NÃO DISTRIBUI OS BENEFíCIOS PARA OS DEMAIS ESTADOS DO NORDESTE.

Nilton Correia.

18.2.11

A Associação Brasileira das Emissoras de Rádio e Televisão (Abert) ameaça recorrer à Justiça para tentar impedir a população do Acre de voltar a conviver com a hora antiga do Estado, isto é, de duas horas de diferença em relação ao horário de Brasília.

No ano passado, a Justiça Eleitoral gastou mais de R$ 1 milhão com a realização de um referendo no Acre, quando os eleitores decidiram pela mudança do fuso horário. Porém, a Rede Globo e a Rede Amazônica de Televisão até agora não se conformaram com o resultado.

Em outubro, durante o segundo turno, 56,87% dos eleitores rejeitaram a Lei 11.662, de autoria do então senador Tião Viana (PT-AC), que alterou o fuso horário do Acre.

A pedido da Rede Globo e da Rede Amazônica de Televisão, sem consultar a população, Tião Viana extinguiu o quarto fuso horário brasileiro, de cinco horas a menos em relação ao horário de Greeenwich.

O resultado do referendo foi homologado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE). O presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP), estava decidido a assinar Ato Declaratório reintegrando o Acre à faixa de fuso horário de Greeenwich menos cinco horas, ou seja, de duas horas a menos em relação ao horário de Brasília.

Matéria complte aqui no Blog da Amazônia.

O Deputado Paulo Rangel, fez uma solicitação a Chesf – Companhia Hidrelétrica do São Francisco um convênio com a finalidade de ceder as instalações da Usina Piloto, hoje desativada, com a intenção de servir como laboratório para o Curso de Engenharia Elétrica. Este curso está sendo, também, solicitado pelo Deputado, a ser instalado no IFBA Instituto Federal da Bahia.

O curso é um sonho acalentado há muito tempo pelos pauloafonsinos e sua ativação beneficiará toda a região.

Leia a matéria comleta aqui.

A APSB – Associação dos Prefeitos do Sertão Baiano, entidade fundada em 2001 com 24 municípios representados, visando o fortalecimento da região do sertão vem fazer a Vossa Excelência as reivindicações abaixo discriminadas para que possamos fornecer a nossa população, de mais de 500.000 habitantes, uma vida mais digna tendo em vista que passamos sérias dificuldades na área de segurança pública.

Leia a matéria comleta aqui.

17.2.11

O deputado federal Emiliano José (PT), em contato com o Bahia Notícias, rebateu as críticas feitas pelo colega de parlamento, Jutahy Oliveira (PSDB), que acusou os governos federal e estadual de cometerem estelionato na campanha eleitoral do ano passado, por conta do atraso nas obras da Ferrovia Oeste-Leste e do Porto Sul, que pode se prolongar ainda mais. "Se há estelionato, não é nem da presidente Dilma, nem do governador Wagner", afirmou o petista.

Emiliano se mostrou surpreso com a declaração do oposicionista. "O deputado Jutahy já foi mais cuidadoso em suas declarações. Ao que parece, ele nem chegou a ler a mensagem do governador Wagner na abertura dos trabalhos na Assembleia", disse.

Para ele, o governador não afirmou que a obra estava ameaçada. "O deputado teve uma interpretação que considero fantasiosa. As obras não estão ameaçadas. O governador apenas fez um alerta, e anunciou que a presidente Dilma visitará as obras da Ferrovia Oeste-Leste em julho. Falou ainda do complexo intermodal e do novo aeroporto. Portanto, Wagner conduz rigorosamente as obras, com respeito ao meio ambiente", garantiu.

Por João Gabriel Galdea.

Do Bahia Notícias.

16.2.11

E manda o procurador Flávio Henrique lhe representar.

Ontem finalmente, após 3 (três) meses de férias, os vereadores de Paulo Afonso na Bahia retornaram as atividades no parlamento. Em uma seção onde a marca foi a ida de emissários de entidades locais. O Padre Celso lá esteve representando o bispo diocesano Dom Guido da Igreja católica. Em sua fala aos presentes pediu que as entidades da zona rural fossem melhores atendidas.

Com a ausência do prefeito Anilton Bastos, que segundo o seu representante, estaria na capital baiana em visita a secretarias de governo e nesta quarta-feira (15) iria a Brasília também a trabalho, onde também estaria indo a alguns ministérios na tentativa de buscar investimentos para o município. Seria já a movimentação da base do governo Wagner se mobilizando para tratar melhor o seu novo aliado?

A seção de abertura dos trabalhos não teve uma grande participação popular, o que diferenciou das últimas do semestre passado quando as galerias eram tomadas pelo povo para ouvir alguns vereadores denunciar desmandos da mesa diretora e pedir a instalação de uma CPI – Comissão Parlamentar de Inquérito contra o ex-presidente Antônio Alexandre. Galeria com pouca gente e nenhuma citação ao caso foi feita pelos vereadores que agora comandam a casa.

Postagens mais recentes Postagens mais antigas Página inicial