28.2.09



No mês de Fevereiro a Prefeitura de Paulo Afonso recebeu dos governos Federal e estadual a importância de R$ 9.047.650,43 (nove milhões, quarenta e sete mil, seiscentos e cinqüenta reais e quarenta e três centavos), tudo isto com impostos inclusos a serem debitados. Mas convenhamos é uma boa soma para que sejam movimentadas todas as secretarias do município.

27.2.09

Tem coisas que nós fazemos na vida que não adianta insistir nela, pois o resultado sempre será desfavorável. É isto o que está acontecendo com o prefeito Anilton Bastos em relação ao concurso público. Por mais que pessoas ligadas a ele tentem o convencer de que permanecer na insistência de não nomear os aprovados ele saíra derrotado dessa guerra em que se meteu. Permanecer dizendo que o concurso foi uma fraude só deixará as pessoas que conseguiram ser aprovados com mais raiva da administração atual. Essa lambança criada sabe-se lá por quem, levou o governo a uma encruzilhada sem volta. Para onde o governo andar ele já perdeu.

O concurso foi feito por uma empresa conceituada no mercado e pelo pouco que se sabe ela não entraria em uma armação para enlamear seu curriculum.

O ministério público do município esteve de olho durante todo o tempo neste concurso e não se manifestou contrario antes por não ver nada de errado nas inscrições, realização das provas e nos resultados. Não seria agora que iriam embarcar nessa história. Porque então como justificariam que não viram nada antes?

A alegação de que uma pessoa se inscreveu como deficiente e teria sido constatado que ela mentiu não é justificativa bastante para o cancelamento do mesmo. Se assim fosse não havia concursos ou vestibulares que não fossem suspensos, haja vista o que ocorre quando alguém se declara negro e ao ser aprovado quando da sua inscrição se verifica que o mesmo é de cor branca. A solução é a exclusão dessa pessoa e se for o caso que ela seja intimada judicialmente.

Mas há algo nesse carnaval todo que precisa ser dito ao prefeito. E olha que não vou cobrar nada por essa assessoria aqui:

– Prefeito as pessoas terão que ser chamadas, pois não se encontrou até o momento um único fato que se justifique o cancelamento do concurso. Tem mais sabe essas pessoas que estão sendo colocadas para trabalhar e não fazem parte dos aprovados? Não vão poder ficar! Explico melhor, se é que ninguém ao seu lado não o tenha alertado. No concurso foi aprovado um número de pessoas muito maior do que o que a prefeitura disponibilizava em vagas. Então vejamos aqui: Os aprovados por média e número de vagas no edital devem ser chamados de imediato e os que foram aprovados na sequência terão todo o direito de reivindicar, mesmo que através da justiça de serem chamados até que não reste mais ninguém na lista de aprovados. Ou seja, ninguém pode ser contratado enquanto não forem chamados todos os aprovados. É o chamado cadastro de reserva.

E é ai que falo que essa guerra já está perdida. Continuar na tentativa de cancelar o concurso só jogará o povo contra sua administração. Ao chamar os aprovados que é isso que vai acontecer por bem ou pela justiça, o senhor terá nas mãos a continuidade desse problema. Todos os aprovados têm o direito de serem chamados antes de qualquer outra pessoa. Então senhor prefeito esses que já foram contratados e que a cada dia estão entrando na prefeitura vão ter que sair e esperar outro concurso para, como os que estão aprovados, entrarem no serviço público. Não há espaço para todos e só os que têm esse direito deveram conseguir o intuito. E haja mandato de segurança para garantir o direito de cada um.

24.2.09

O Samu/192 - Serviço de Atendimento Móvel de Urgência é um programa do Governo Federal que tem como finalidade prestar o socorro à população em casos de emergência. Bom ao menos foi para isto que ele foi criado. Aqui em Paulo Afonso este serviço já foi elogiado pela população local, mas o que parecia impossível de se ver agora começa a se propagar pela cidade, a incompetência das pessoas que estão realizando a tarefa de socorrer as pessoas que necessitam dos préstimos deste serviço.

Em janeiro deste ano o atual prefeito demitiu toda a equipe técnica do SAMU. Todos tinham passado por treinamento especializado e foram aprovados, mas nada disso foi suficiente para que eles permanecessem desempenhando suas habilidades e salvando vidas. Demitidos sumariamente, essas pessoas foram colocadas na rua. Agora o que se vê conduzindo as ambulâncias e desempenhando o trabalho precariamente são pessoas despreparadas para a tarefa.

Será que vai ser necessário que alguma pessoa que precise dos serviços destas unidades de socorro venha a ter seu estado agravado para que se possa tomar alguma providência? Será que o ministério público, que foi bastante atuante no Governo passado não está vendo isto tudo acontecer? Quando tomará alguma posição quanto ao caso?

Está semana de Carnaval. No país, já que aqui não houve. Ocorreu um acidente e foi preciso que se chamasse o SAMU. Chegou a policia, chegou à guarda municipal, a população se aglomerava ao redor da pessoa estendida no chão, ligação para o telefone da central onde ficam as ambulâncias e nada de atenderem. Passaram 10 minutos de tentativas. Policiais ligavam, pessoas da população ligavam e já se passaram 30 minutos e nada de atendimento. O rapaz no chão molhado da chuva se contorcendo de dor e nada de atenderem ao telefone. Houve quem perguntasse “será que mudaram até o número do telefone do SAMU?”. Quando já não tinham mais esperanças e sem poderem tocar na pessoa acidentada, eis que por milagre alguém atende e é informado da situação. Um bom tempo ainda se passa e lá vem a ambulância do SAMU. Lembram quando eu falei lá em cima “o que parecia impossível de se ver agora começa a se propagar pela cidade,”? Pois é, não é que a unidade de socorro foi recebida por vais da população que lá se encontrava! E não se pode dizer que foi orquestrado pela oposição já que não se vê ninguém nas fotos que se possa identificar como sendo um ato político.

As fotos falam mais do que qualquer palavra e é bom que o ministério público tome conhecimento o mais rápido possível da situação antes que algo mais grave possa ocorrer com alguém. Dois dos atendentes se quer estavam usando luvas. Todos estavam sem a farda. Não acredito que estas roupas sejam apropriadas para atendimento de socorristas.

A pessoa foi levada ao hospital e não se sabe que tenha ocorrido um transtorno maior por causa do atendimento. E que Deus nos ajude de nunca precisar dos serviços do SAMU em Paulo Afonso, mas se não tiver como fugir dessa situação, o melhor é rezar.

23.2.09

O que está acontecendo com a coordenação política do Governo do estado? As noticias que mais se ouvem pela Bahia é a de que o Ministro Geddel está em plena campanha para 2010.

Enquanto o Partido dos Trabalhadores fica paralisado dentro do Governo, Geddel nada de braçadas na busca de juntar o maior número possível de apoiadores a sua candidatura ao governo da Bahia. A mais nova investida foi uma ligação sua ao ex-prefeito de Paulo Afonso Raimundo Cayres que ainda não sabe se vai atender o chamado. E pelo que se sabe até o momento é que o Ministro pessoalmente liga e chama para uma conversa o político a estarem juntos no projeto de desbancar Jaques Wagner e o PT do Governo.

O pós Carnaval deverá ser muito movimentado na política baiana. Pessoas esperam o compromisso de Wagner com as bases. Outros que já cansaram de esperar já desembarcam na praia do PMDB na expectativa de que possam ter algum espaço, caso se confirme a pretensão de Geddel.

20.2.09

Esta fábula é antiga e de uso inflacionado, mas vale a pena rememorá-la. É que alguns vereadores de Paulo Afonso que antes eram contra tudo o que o Governo passado fazia, agora defendem tudo o que antes eram contra.

Era uma vez um sapo e um escorpião à beira de um rio. O escorpião pede ao sapo que o ajude a atravessar até a outra margem, mas o anuro, escaldado pela longa história de morticínio de sapos por escorpiões, hesita, ao que o aracnídeo pondera que não haveria por que ele atacar seu benfeitor, pois ambos poderiam se afogar se fizesse aquilo.

Confiante na lógica do escorpião, o sapo permite que ele suba em seu costado e, juntos, começam a atravessar o rio. Durante o percurso, porém, o escorpião dá uma ferroada no sapo, que, perplexo, pergunta ao seu carrasco, enquanto afunda na água, o motivo de atitude tão ilógica, ao que o escorpião responde que fez o que fez porque aquela era sua natureza.

Algumas vezes, a natureza do escorpião fala mais alto até em seres humanos.

Tem vereador na Câmara que parece que já se esqueceu de tudo o que falou durante os últimos quatro anos. Mudaram de posição tão rápido que a população não conseguiu acompanhar seu “raciosímio”.

Vamos ver se depois do Carnaval eles voltam com a cabeça centrada na opinião popular.

18.2.09


17 de fevereiro de 2009 entra para a história política de Paulo Afonso. Menos de dois meses depois de ser eleito como prefeito da cidade, Anilto Bastos é vaiado por uma multidão de pessoas quando saia da Câmara de vereadores. Insatisfeitos com a suspensão das contratações por 90 dias das pessoas que foram aprovadas no concurso público o povo se fez presente para protestar.


O problema se deu quando ao chegarem lá encontraram as portas fechadas, barrando a entrada deles. Colocaram a polícia e a guarda municipal para que a população não pudesse ter acesso ao interior da Câmara. Talvez pensando que com este ação desestimularia a permanência das pessoas. Ledo engano. Parece até que foi pior. O que se via do lado de fora e nas imediações eram pessoas levantando palavra de ordens tais como; “boa, boa, boa, cadê o gente boa?”, “ou gente boa, cadê você, eu vim aqui só pra te ver!”, todas em referência a Ao prefeito que estava no plenário e não demonstrava nenhuma comoção.


Para completar o cenário de protesto, pessoas que estavam no plenário passavam informações e em uma delas foi de que o vereador Ozildo Alves teria dito que o concurso tinha sido fraudado. Foi o bastante para que a população lá presente ficasse revoltada com ele. Na saída de Ozildo as pessoas gritavam; “ozildo traíra...”. Mesmo tentando se justificar de que não teria dito isto o povo não o poupou dos xingamentos.


Esse clima de guerra que vive a cidade desde a eleição e parece que ainda vai durar muito tempo devesse às pessoas que o prefeito está ouvindo os conselhos. Ou é isso ou não há justificativa para tantos erros cometidos pela atual administração contra o povo. Se um erro é considerado um tiro no pé. Anilto deve estar usando uma metralhadora.


Já está mais do que na hora de alguém puxar o freio de mão antes das coisas se complicarem ainda mais. Para todos os lados. E isto não é bom para ninguém.


Que falta me faz os bons tempos onde a disputa era ideolígica. De quem é a culpa do que está acontecendo?


16.2.09


Recebi um e-mail do senhor Nilton, membro da chapa 02 que concorreu a direção do Sinergia na Bahia. Informa ele e passa os dados para confirmar, que a eleição foi anulada pela justiça.

Depois de muito bate boca e acusações de fraude por parte da chapa 01 que era apoiada pelo deputado Paulo Rangel o pessoal da 02 conseguiu provar as acusações na justiça e agora é esperar os próximos passos.

IRFORMAÇÕES:

Processo: 1174.2007.34.05.
Objeto: Anulação da eleição da Direção do SINERGIA.
Último fato: 12/02/2009 17:00 - RECURSO DE REVISTA NÃO ADMITIDO.

Análise de Nilton: “Conforme meu entendimento, o MPT poderá entrar com uma Ação de Execução exigindo uma nova eleição para a Direção do SINERGIA imediatamente”.

Processo: 1388.2007.17.05
Objeto: Anulação da Eleição de "Delegado de Base do Edf. Sede do SINERGIA
Último fato: Aguardando o julgamento do "Embargos de Declaração" por parte da Chapa1, direção ilegítima do SINERGIA

Análise de Nilton: A Chapa1, direção ilegítima do SINERGIA, visa procrastinar a nova eleição ("empurrar com a barriga") a nova eleição...”.


Parece que começa a dar curto circuito nas cercanias do deputado.

15.2.09

"Um novo espaço foi criado novo site protogenescontraacorrupção para viabilizar um movimento mundial com o objetivo de identificar, expor, debater e combater a corrupção que hoje assola o Brasil e a grande maioria dos países no planeta, assim destruindo o valor público e comprometendo o futuro de nossos filhos. Acreditamos plenamente que sem o comportamento ético e transparente em todos os processos, a segurança e a paz da sociedade jamais serão atingidas. Visitem essa nova plataforma assim que possível para dar continuidade à luta contra a corrupção". É assim que que o delegado Protógenes da PF viabiliza mais um espaço onde se pode denúnciar crimes que estejam ocorrendo no setor publico do país. Vale a pena conferir.

14.2.09

Fittipaldi tinha sofrido um grande acidente e por pouco não nos deixou. Para homenagear-lo o ex-Beatle ainda em vida fez uma parodia e canta para ele. Tem que ter muita moral no reino da Inglaterra para que isto aconteça.


O Governador de Minas Gerais Aécio Neves – PSDB complica a candidatura de São Paulo, Serra que é do mesmo partido. Em entrevista a revista Istoé ele reafirma que quer previas para a escolha do nome que irá disputar as eleições para Presidente em 20010.

Leia aqui tudo o que ele disse.

13.2.09

Porque as ações da Secretaria de Cultura do Estado estão sendo tão criticadas? Algumas pessoas, poucas delas, que conseguem obter espaço na mídia para expor seus pontos de vistas. Quase sempre se opondo a política de Descentralização da Cultua. Alegam que “não é verdade que o Governo está investindo” tanto quanto eles falam. Mas vejamos algumas coisas que para quem tem um pouco de sensibilidade e não quer partidarizar o assunto fica fácil de entender. 1º a descentralização democratizou o acesso ao dinheiro do estado. Agora sabemos para onde e para quem está indo. Está tudo publicado no site www.cultura.ba.gov.br. Tem edital para quase todas as manifestações da cultura existente na Bahia. 2º Só agora foi possível se ter representantes dos territórios de cultura. Essas pessoas ingressaram também, através de edital publico. Serão elas a dar dinamismo em todos os cantos do estado. Será o elo entre o poder e o povo. Basta que saibamos nos utilizar destes meios que nos estão sendo oferecidos. E 4º Foi até criada uma superintendência para a Cultura Afro. Algo que se fazia necessário. Mas a chiadeira é grande e amplificada por meios de comunicação. Antes era restrita aos que detinham as verbas nos governos passados. Produtores que, mas do que terem projetos tinha amigos que abriam as torneiras dos dutos que irrigavam suas contas. Essas pessoas, moradoras da capital, não enxergavam o interior como produtores de cultura. Acho que nem percebiam que a Bahia é algo mais que Salvador. Para eles, “a casa caiu”.

Depois de um pequeno período de silêncio, estamos vendo as criticas novamente surgirem na mídia. E quem está por trás desta orquestração? Os amigos daqueles que não aceitam descer do salto. Temos na boca de cena o escritor João Ubaldo. Baiano de nascimento e carioca por opção. Desde a posse do atual Governador Jaques Wagner é visível à animosidade que ele demonstra para com o governante. Ele se tornou figurinha carimbada nas reclamações. Quase sempre deselegantes. O chororó dele não tem alvo. Tornou-se expert em todos os assuntos que precise de alguém para destilar veneno contra qualquer pessoa no Governo. Mas recentemente o ex-governador do PFL/DEM Paulo Souto, fez coro com os amigos e criticou diretamente o Secretário Meirelles. O danado disso é que ele teve a oportunidade de fazer o que agora critica e não fez. O Pelourinho era uma cachoeira a consumir dinheiro público, sempre com os mesmos produtores. Já os artistas que se dispunham a rezar na cartilha do malvadeza eram sempre presenteados com "ajudas" da Empresa Baiana de Alimentos – Ebal, através de patrocínios que estão sendo investigados. Hoje a Bahiatursa não é mais a mãe dessas “oportunidades” nefastas, que tanto mal fez aos cofres públicos. Então já está na hora dessas pessoas, ou compram a ficha e participam do jogo ou deixem o Márcio trabalhar.

Se há algo que se possa ser elogiado em primeiro lugar neste governo é a descentralização da Cultura na Bahia. Querer barrar isto que ai está é crime e como praticantes, estes senhores deveriam ser enquadrados por quem faz verdadeiramente a Bahia acontecer.

Se posso contribuir com algo para que a secretaria tenha um melhor desempenho, se é possível isto. Está na hora de ser criada uma diretoria/superintendência do Interior. Assim como foi criada a que cuida de preservar e divulgar melhor a cultura negra. O interior precisa de vozes que possam estar mais ligadas com suas carências e diretamente ligado ao gabinete do secretário. Os formadores ajudam mais não são a solução se não tiverem poder de resolver as demandas existentes não serviram.

O Governo do Estado vai investir mais de R$ 2.000.000 nos bairros de Salvador e no interior. Dentre as cidades citadas pelo Governo está Paulo Afonso. Não consegui ainda entender o porquê da citação da cidade no recebimento oficial de recursos para o carnaval já que todos nós sabemos que a prefeitura local já anunciou que não irá realizar o evento na cidade. Nem mesmo o Carnaval Gospel que vinha sendo realizado pelo município e as igrejas evangélicas.
Uma outra coisa é que até o momento não houve a publicação de qualquer edital nesta área pela prefeitura que já anunciou que também não irá fazer acontecer à festividade “profana”.
Entrei em contato com a Secretaria de Cultura, Esporte e Turismo e falei com Kôka, chefe da divisão de eventos que me informou também ter tomado conhecimento deste fato através do jornal A Tarde. Como não houve contato com alguém da Secretaria de Cultura do Estado, nem foi enviado um projeto para que houvesse aporte financeiro para o evento, esperasse um contato de alguém do estado para dirimir qualquer duvida quanto ao fato.

Ainda segundo Kôka, o tempo é bastante curto para que se possa pensar novamente na realização do evento. Além do mais precisa-se que se tenha o aval do município.

9.2.09


Este é o momento da entrega do manifesto contra as expulsões dos Petistas de Paulo Afonso. A foto é do momento em que Nilton, Stoessel, Celso, Nelson, Rabelo, Sergio e Joana estiveram na sede do partido em Salvador.

O presidente Jonas Paulo conversou com as pessoas que lá estiveram. Foi colocado a par da situação em que se encontra o Partido aqui na cidade da Paulo Afonso. Antes porem ele já tinha recebido uma ligação de Emiliano José onde informava a ele o acontecido por aqui. Teria Jonas se comprometido a ver o mais breve possível esta situação e dar uma resposta URGENTE.

7.2.09

Mal decorreram umas poucas horas, a resposta foi imediata. O chefe do Gabinete da Casa Branca, Rahm Emmanuel, foi quem falou. Não tem importância que tenha omitido minha modesta Reflexão. O importante é a resposta.
Ele disse aos jornalistas que o que importa ao presidente Obama é a comunidade cubano-americana. Após sua posse. foi a primeira vez que falou no tema. Entre os cubanos que podiam votar, em virtude de suas raízes, fizeram-no numa proporção de 3 a 1 no candidato democrata, no estado da Flórida. Os quase 12 milhões de cubanos que habitam a Ilha não interessam a ele.Quando lhe perguntaram qual era seu candidato em Cuba, o homem mais próximo do presidente não quis aprofundar o tema:

"Acho que, quanto menos se fale de Cuba, é melhor".

"Vai autorizar as viagens dos cubano-americanos a Cuba e as remessas de dinheiro.

"Nem falou do direito de viajar dos cidadãos norte-americanos.

Também não fez referência alguma à Lei e Ajuste Cubano e ao bloqueio.

Assim, mais cedo mais tarde, a política de Obama vai perdendo sua virgindade.

Fidel Castro

3.2.09

A derrota do PT na disputa pela segunda vice-presidência da Assembléia Legislativa está sendo debitada no partido na conta do líder petista na Assembléia Legislativa, Paulo Rangel. Rangel teria imposto o nome da deputada estadual Fátima Nunes para a disputa dentro da tese de que o PT precisa fazer um rodízio entre seus parlamentares nos postos que ocupa no Legislativo.
Dado o quadro de instabilidade que marcou a eleição à mesa diretora na Assembléia, deputados haviam advertido o líder de que o melhor talvez fosse buscar a reeleição do petista J. Carlos, que já ocupava a segunda vice e cuja relação com os colegas na Casa seria muito melhor do que a da deputada. Por J. Carlos, até um deputado federal havia feito uma solicitação, levando em conta os riscos da disputa.
Teria sido Geraldo Simões, a quem deputados estaduais haviam relatado as dificuldades que a eventual candidatura de Fátima Nunes enfrentaria na base governista. Mas Rangel insistiu que era hora de mudar. Mudou mesmo: apesar de ser o partido do governador, o PT ficou sem lugar na mesa que comanda o Legislativo. “Ele (Rangel) quis aplicar um princípio da instância partidária na Assembléia”, criticou um deputado estadual do PT.
Comentário: Se já não bastasse acabar com o Partido em Sobradinho e Paulo Afonso o seguidor de Hitler agora quer destruir o partido em toda a Bahia. Quem viver verá.
Postagens mais recentes Postagens mais antigas Página inicial